O CULPADO

Atenção que há uma estratégia ou justificação que pode estar em marcha: a mais infrequentável “casa” da blogosfera (não me lembro o nome) já começou a crucificar Vital Moreira.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 respostas a O CULPADO

  1. Nuno Ramos de Almeida diz:

    Injustiça, ainda se vai ouvir um mea culpa, minha máxima culpa do mooor

  2. LAM diz:

    e, convenhamos, é crucificável.
    Pena que o sacudir da água do capote seja à posteriori.
    O professor doutor de Coimbra, meu Deus! vai paulatinamente (quer dizer à paulada), ser transformado no culpado da humilhação do abjecto 1º ministro. Começaram os ensaios.

  3. Algarviu diz:

    Já apareceu a sondagem da ordem para transformar a derrota de agora numa vitória anunciada a prazo. E o manhoso do Fernando Rosas, de descernimento prejudicado por essa mesma sondagem dar o terceiro lugar ao BE, lá fez o frete de valorizar a sondagem. O Zé Fernandes a fazer escola? Ou foi apenas uma escorregadela oportunista do Rosas?

  4. almajecta diz:

    não valorizar nem confundir com a floresta em marcha. Foram apenas alguns eucaliptos e um pinheiro bravo independente.
    Quanto ao nosso grande revisor da história aplicada, doente da razão imóvel, evidenciou bem o pre claro grau do fazer história.

Os comentários estão fechados.