votar é preciso!

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , , . Bookmark the permalink.

8 respostas a votar é preciso!

  1. Nuno Ramos de Almeida diz:

    Não podias ter entrevistado a Marisa ou o Rui Tavares? foste logo falar com o monstro da Praça das Flores.

  2. Sim, então e o Rui Tavares que hoje tanto se tem esgueirou atrás do Francisco Louçã para aparecer na televisão?

  3. Enojado diz:

    Ao ver e ouvir o Daniel Oliveira, ocorre-me sempre a pergunta: como é que se pode viver sem ter nada dentro da cachimónia? É obra!

  4. Sim, votar é preciso. è preciso votar nulo.

  5. mj diz:

    e “para não se ficar a queixar” apostava que vota no calão do M. Portas. xiça

  6. Pascoal diz:

    Julguei que isto fosse uma manifestação de tolerância, mas era pedir demais.

  7. Rui Herbon diz:

    O que eu quero é a democratização das instituições europeias: um parlamento que tenha exactamente o mesmo tipo de poder e competências que os parlamentos nacionais, e do qual emane o governo da Europa. Votar é sufragar o presente estado de coisas.

    É certo que uns são assustadoramente piores que outros, mas eu não me contento com saltar para o lombo de um cagalhão apenas para não ter que nadar na merda rala. O que eu quero é um balde de água que varra a porcaria.

  8. ezequiel diz:

    O Sr Padre Oliveira está muito bem nesta entrevista. Louçã, o bispo, deve estar muito satisfeito.

Os comentários estão fechados.