Dando sequência ao post do Nuno Ramos de Almeida (em baixo) confesso que apoio Berlusconi, Vital Moreira e Barbara Matera

barbara
(Barbara)

E desde já explico porquê: apoio gente séria, gente que se empenha, gente que estuda a fundo, gente que luta por ideais, pela melhoria das nossas vidas atribuladas e, muito importante, gente que não nos rouba, e, pelo contrário, dão-nos sempre algo mais, algo que se acrescenta ao pouco que vamos somando nos nossos sempre justos quotidianos.
Por exemplo, leio no Público on-line a última cruzada, legítima e séria cruzada (como escreveria o “filósofo” Galambó J. do blogue “J.”) de Vital Moreira contra todos os que se apropriam do pouco que ainda vamos tendo, uma cruzada digna, digna de um socialista, vero homem do social e do colectivo.

Que cruzada foi e é essa? Eu digo. Num comício hoje em Évora afirmou Vital Moreira, atente-se no carácter incisivo do discurso, na pertinência certeira da denúncia, na revelação sem freio da verdade que merecemos: “Devemos denunciar, condenar [o PSD no caso BPN/Oliveira Costa, por supuesto]”. Atente-se no rigor e destemor deste clamor: “É um caso de utilização da economia para fins criminosos”. E a fina ironia sem dó para com os prevaricadores – que têm nome (!): “Só por acaso todos aqueles senhores são figuras gradas do PSD. Estamos à espera que o PSD se pronuncie sobre a roubalheira do BPN.” (!!!!) Isto é denunciar sem medo, é a frontalidade que necessitamos.

Também o PS exigiu que o PCP pedisse desculpa pelas agressões cobardes de uma multidão de desdentados a este homem, e o PCP que fez?? Nada, nada de nada. Falta de coragem e de assunção de responsabilidades!

Vejamos agora a bio de Barbara Matera, apresentadora de TV, actriz, política, pré-finalista a Miss Itália em 2000. Repare-se na justeza das suas opções: em 2008 suspende a carreira política para concluir os seus estudos universitários. Já graduada, candidata-se ao Parlamento Europeu como um clamor público, um clamor em nome da beleza e da verdade, nas listas do partido Popolo della Libertá. E ninguém tem nada a ver com isto, nem deve ter nada contra isto! É gente desta que eu aprecio: socialistas que se dispõem a trabalhar em Bruxelas e no Porto ao mesmo tempo e Barbara Matera (apesar de preferir esta última, mas apenas um pouco).
A verdade e honestidade em política merece sempre ser recompensada com o voto do cidadão sério que trabalha e luta pela sua vida! Espero que tal aconteça.
Viremos as costas às roubalheiras que pululam por aí, infelizmente por todo o lado!
Exijamos o melhor. Sempre.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

17 respostas a Dando sequência ao post do Nuno Ramos de Almeida (em baixo) confesso que apoio Berlusconi, Vital Moreira e Barbara Matera

  1. Nuno Ramos de Almeida diz:

    Genial, só faltou o Freeport, mas ao contrário do Vital estamos obrigados à presunção de inocência. Nem podemos investigar. Para impedir qualquer investigação mais atrevida acerca de sua excelência estão os senhores da Entidade Reguladora da Comunicação – Só Sócrates, vulgo ERC-SS.

  2. Ironia Suprema diz:

    Pompous, vicious strutting and deceiving? “The hollow people”
    Ai, merecem esta musiquinha, merecem.
    Estão tão bem retratados.

    (Struttin’ Tryad)

  3. mlk diz:

    Pró pessoal do ‘eu acho(ou axo?) que dá comentários especializados e tudo aqui está um link dos melhores e piores eurodeputados portugueses.Podem já apostar e,depois confirmar…
    http://www.parlorama.eu/en/european-deputies-portugal/0-0-0/

    e,aquilatarem-se das vossas opiniões ‘sábias’.Eheheheh

  4. Carlos Vidal diz:

    Caro mlk,
    Os dados que esse site disponibiliza, são mais uma razão para votarmos em massa no sangue novo de Vital Moreira, na sua vontade indómita de reformar todo o Parlamento Europeu.
    Aliás, como essa grande figura da esquerda moderna que foi e é Sérgio Sousa Pinto!!

  5. almajecta diz:

    génios não, está muito calor para tal, basta-nos o fantasminha justiceiro, verdadeiro e autentico, objectivamente esta candidata ao parlamento europeu vem confirmar a importancia da representatividade das regiões incluindo o Piemonte e o Veneto.

  6. mlk diz:

    É verdade e,posso-lhe dizer que já não vou votar BE!Safa,um dia destes estou a vê-los no colo do PS,esse grande partido do ‘socialismo democrático’

  7. almajecta diz:

    vade retro, avenidas novas, de roma, joão XXI, dos estados unidos, do brasil e todo o campo de ourique. Abaixo a ostra , o champagne e o caviar.
    E o freeport com tanta área não tem arquitonto? Para a sustentabilidade, conversão, reconversão e tal.

  8. Paulo Ribeiro diz:

    este post faz lembrar aqueles livros que valem sobretudo pelas fotografias. só que, simultâneamente, é diferente. a foto e a conversa mole têm uma coisa em comum: a foto é de babar, e o post é demência de babar.

  9. almajecta diz:

    então então, o nosso bom amigo que até nem é materialista e muito menos relativista, determinado em baba com o boneco e indiferente á palavra, qual é o case studie seguinte? ou anda em tudo o que tem rodas.

  10. Carlos Vidal diz:

    Mais devagar, Palberico (quem??), mais devagar.
    A sua azáfama e o que lhe pagam no seu partido, caro tarefeiro, não justificam um breve AVC.

  11. almajecta diz:

    a madrecita, alta especialista em twitter comunicação social e afim, tem formulado convite para a tua participação em TwittDesk ou similar. Grande brasa por aí e por aqui também.

  12. Paulo Ribeiro diz:

    ooh! também pisei a cauda felpuda do gatinho canininho do vidal, foi? está ferver o amigo, está? está (como é que os marxistas dizem?) em esquizofrenia progressiva? tenho tanta peninha. ora, à falta de coluna vertebral, que tal um pouco de clareza? quem é que aqui recebe do partido? acaso eu? que não o tenho, que não sou sequer militante de nenhum, ou, será vexa, que pelos vistos é mesmo funcionário? é que, ó carlitos marx, vexa, sofre de parasitismo sabe? vive ultrapassado numa nação contra-revolucionária. já pensou em ir para as bandas do continente africano fazer uma revolução? ou ir até ali ao cabo da roca ou do espichel e mandar-se em mergulho, estilo radical. diria que aqui, quem não junta, só espalha, perdão, se espalha.

  13. Paulo Ribeiro diz:

    alma que se injecta, quer um “case studie”? que tal este, e é grátis: pela primeira vez consegui ler um comentário seu do princípio ao fim. significando isto, que pela primeira vez, vexa escreveu não influenciado por estupefacientes. bom, e escreve dessa forma lucida com um insulto a este que escreve. quanta honra. conclusão? os meus comentários têm a propriedade de tirar malta das drogas duras. vou já escrever para o observatório.

  14. almajecta diz:

    a não perder:http://tweetdeck.en.softonic.com/ doctor spyware e tal. Site de dupla natureza numa única substância, este nosso pascácio, grande paroquialista “à outrance”, a não perder.

  15. Paulo Ribeiro diz:

    continua a ser uma honra, mas noto, com mágoa, ter voltado ao vício. lamento.

  16. almajecta diz:

    aqui a Bárbara para ser Santa faltam-lhe a torre numa mão e a palma na outra, o nosso spyware doctor 5.1 funciona em pleno apesar do fenómeno de vicariedade.

  17. Paulo Ribeiro diz:

    alminha de deus. será que não vê que assim inflacciona o mercado? já viu se todos desatam a querer o mesmo que vexa? para serem, assim, uns iluminados com o dom prolixo da palavra.

Os comentários estão fechados.