Campanha gripada

Vital Moreira já não sabe o que há de dizer. A única vez que deu votos ao PS, foi quando esteve calado a ser insultado na manifestação do 1º de Maio da CGTP. No quartel-general de campanha já devem estar a tentar inoculá-lo com o vírus da gripe mexicana. Talvez, com a vitimização e o drama humano, recuperem votos. Enquanto não conseguem, têm de sofrer. As últimas declarações de Vital Moreira continuam a surpreender. Descobriu que o PCP e o Bloco são iguais, na Europa, porque pertencem ao mesmo grupo do Parlamento de Estrasburgo. Ninguém lhe explicou que na maioria dos grupos não há disciplina de votos e que no Parlamento Europeu essas soluções para os deputados terem os privilégios dos grupos são muito comuns. Por exemplo, o PSD e o CDS pertencem ao mesmo grupo – deputados sem grupo, nessa instituição, não têm nenhuma capacidade de acção, nem em comissões conseguem participar. Aquilo que define a diferença é a prática dos partidos. E, nisso, o candidato Vital devia estar calado: o seu governo foi favorável, com o PSD, à directiva do retorno dos imigrantes, ao Tratado de Lisboa e ao facto de ele não ser referendado pelos portugueses. Mais, PS e PSD apoiam Durão Barroso para presidente da Comissão Europeia. Em matéria europeia não há diferenças entre PS e PSD.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 respostas a Campanha gripada

  1. Não batam mais no ceguinho… (desculpem… é tudo sentido figurado, o “bater” e o “ceguinho”).

  2. José Seabra diz:

    E existe diferenças sobre a política nacional para estes 2 partidos????
    Se existe eu não conheço! Se um diz mata o outro diz esfola. É assim há 34 anos com ou sem o apoio do CDS/PP

Os comentários estão fechados.