Intrigante, deveras intrigante…………

Porque é que o blogue “arrastão” entrou de imediato, em torno do episódio “Vital”, logo à hora do jantar de 1 de Maio (rápido o “arrastão” !!) na orgia, verdadeira orgia, de acusações ao PCP ?
O quê ou quem representa o “arrastão”?
E, já agora, “rabiscos vieira”, qual é a graça do bonequinho ?
Ah, já sei, Daniel Oliveira diz que “viu tudo”.
E o “rabiscos vieira” também “viu tudo”?
Foi na manif que fez o desenhinho?
E identificaram os desordeiros?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

20 respostas a Intrigante, deveras intrigante…………

  1. almajecta diz:

    Assim vão aumentar os votos. Para poder resolver o enigma deveras intrigante basta ler a listinha deste próprio blog em AUTORES (ARQ). Um imenso PS directa e indirectamente.

  2. Por mero oportunismo político, nada mais.

  3. Carlos Vidal diz:

    Lindos meninos aqueles de que falo, não são, caríssimos Jecta e salvoconduto?

  4. ÚLTIMA HORA: Vital Moreira vai assistir ao jogo próximo do Porto na bancada dos Superdragões com uma bandeira do Benfica http://bit.ly/bI52X

  5. almajecta diz:

    Um jardim escola do mais tonto dos deslumbramentos com o pacifismo e outras balelas.

  6. Pisca diz:

    Chico da Tasca, por favor volta, ao menos é genuino, as cópias nunca chegarão ao seu nível, nem o engravatado Chico Amorim e muito menos o saltitante (é ver como se rebola na cadeira), Chico Daniel que quase se baba a falar do PCP, enfim clones rascas,
    É o que dá termos um produto com sucesso, vão logo a correr copiar

  7. Avô cantigas, então este assunto já não estava acabado… está toda a gente contra si homem…

  8. António Figueira diz:

    Estes posts do blog Daniel Oliveira pareceram-me um exercício de uma arte que eu não via desde há muito, para aí 76 ou 77, a do chamado sectarismo anti-sectário. Poderiam até ter outro título: o meu sectarismo é melhor do que o teu.

  9. Pelo-me com as vossas guerrinhas e nem sequer percebo o porquê das mesmas: PC e Bloco, tudo vinho carrascão da mesma pipa. Unam-se, unam-se…

  10. Vitoriano diz:

    Ainda temos que aturar esta comunalha durante muitos anos?

    Não se pode exterminá-los?

    Eu, se fosse militante do PS abria um abaixo-assinado a pedir à Direcção do PS e ao seu Secretário-Geral, o imediato corte de relações institucionais e outras com o PCP.

    Está mais que provado que o PCP, não é um partido democrático e que tem grandes dificuldades em viver em democracia…

    Se não conseguem viver em democracia só têm é que emigrar para onde brilha o seu Sol…

    Ainda por cima estão cada vez mais raivosos, por não passarem dos 7% de eleitorado e vir outro bando de marginais a ultrapassá-los com a toda a facilidade… Coitados.

  11. almajecta diz:

    Sem dúvida que foi sempre assim: desde o momento em que um facto é contado, para fins intransitivos, e não para agir diretamente sobre o real, quer dizer, finalmente fora de qualquer função que não seja o próprio exercício do símbolo, produz-se este desfasamento, a voz perde a sua origem, o autor entra na sua própria morte, a escrita começa. Todavia, o sentimento deste fenômeno tem sido variável; nas sociedades como as nossas não há nunca uma pessoa encarregada da narrativa, mas um mediador, chamã ou recitador, de que podemos em rigor admirar a prestação» (quer dizer, o domínio do código narrativo), mas nunca o «gênio». Embalado pelo positivismo advem do scratch, mais um moreno withoutphd.

  12. Não, Carlos. Fomos nós que preparamos tudo. Eu disse ao Vital para lá ir e o Vieira tratou das agressões. Mas tem dúvidas?

  13. Carlos Vidal diz:

    Daniel Oliveira,
    isso é-me absolutamente indiferente.
    Nunca prezei a democracia como Lei, nem nunca cultivei os “valores” da tolerância. Se vocês os dois fizeram aquilo que está descrito no comentário, fizeram-no bem feito. Parabéns.
    Deu um post edificante no “arrastão” e um boneco pitoresco.
    Gostei, pá.

  14. Que bom… o BE anda a querer voltar a 74/75 e substituir o MRPP nas importantes guerrinhas com o PC, para saber se a foice é virada para a esquerda ou para a direita. A diferença é que o PC é autêntico e o BE a falcatrua Pap’Açorda que bem se sabe. Continuem, continuem…

  15. “Nunca prezei a democracia como Lei, nem nunca cultivei os “valores” da tolerância.”

    E é por isto mesmo que quase nunca estamos de acordo

  16. Carlos Vidal diz:

    Daniel Oliveira,
    a democracia.
    A democracia é o mais tenebroso espartilho para eternizar uma sociedade abominável.

  17. Comentário de Carlos Vidal
    Data: 3 de Maio de 2009, 0:40

    “Daniel Oliveira,
    isso é-me absolutamente indiferente.
    Nunca prezei a democracia como Lei, nem nunca cultivei os “valores” da tolerância. Se vocês os dois fizeram aquilo que está descrito no comentário, fizeram-no bem feito. Parabéns.
    Deu um post edificante no “arrastão” e um boneco pitoresco.
    Gostei, pá.”

    Fiquei esclarecido.

  18. Para o Daniel Oliveira:

    Fica então esclarecido, acerca do tipo de intérpretes de gente com quem quer “construir ridentes futuros”. Num comentário aqui no 5 Dias, alguém disse qualquer coisa relativa a uma ida sua ao Chão da Lagoa, sugerindo que os psd’s lhe fariam o mesmo. Duvido muito. Existe um abismo entre os admiradores de Estaline/Iezhov e uns pobres diabos que apenas gostam de sol e praia. Vê-se bem que o pc olha para os outros como se vê ao espelho.

  19. Para o C. Vidal:

    “Daniel Oliveira,
    a democracia.
    A democracia é o mais tenebroso espartilho para eternizar uma sociedade abominável.”

    Parece que sim. Na verdade é abominável a democracia deixar-se destruir por gente que dela abusa para liquidar os outros. Aquelas dezenas de milhões de mortos não vos chegaram? A tal sociedade abominável que se eternizava há setenta anos, caiu em 1991. Com o ruído de um simples peido.

  20. Apoiado Nuno Castelo Branco.

    No fundo os comunas são facistas vestidos de vermelho

Os comentários estão fechados.