A independente e cordata UGT

Quarta-feira à noite na Av. da Liberdade, em Lisboa, um grupo de homens retirava os pendões da CDU. Curiosamente em substituição, estes homens colocavam pendões da independente UGT. Desta vez tiveram azar, pois alguém os viu, fotografou e chamou a polícia.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 respostas a A independente e cordata UGT

  1. José Seabra diz:

    não pode ser…, eles são democratas não faziam isso
    de certeza que foi alguem a mando da CGTP e do PCP…

  2. Depois do incidente que marcou o 1º de Maio (sim, porque já todos chegámos à conclusão que não foram as reinvindicações e o descontentamento dos trabalhadores que marcaram o dia), agora vem a UGT dar mais uma prova cabal que, afinal, vivemos num qualquer sistema político pseudo-democrata.

  3. jacuzzi diz:

    pois, também devem ter sido os comunas-dentes-podres-que-comem-crianças que fizeram desaparecer a escritura da famiglia Socrates.

    oh Nuno, e lá na redação, isso não é noticia? a pressão está a surtir efeitos?

  4. maria monteiro diz:

    também podia ser para telenovela…

  5. Mackartista diz:

    Colar cartazes e pendões se não é devia ser proibido.

    OS comunas são os maiores porcalhões da politica portuguesa.

    Rua com a bandalheira

  6. oh caraças! isto é a guerra civil!!!

Os comentários estão fechados.