Censura e El Solitário

censorship-for-dummies-jpg

Imaginem vossemecês que um canal de TV dá a notícia da prisão de um notório e recidivo assaltante de bancos. E que depois, quando o mesmo – apesar de apanhado por várias vezes em gravações vídeo com a boca na proverbial botija – proclama a sua inocência, não dá a esta grande notícia o mesmíssimo relevo.
Que se passa? Há censura do tal canal? Claro que não. A presunção e a reivindicação de inocência (mesmo dos acusados) são coisas protegidas e bonitas; mas não têm o mesmo interesse noticioso do que a denúncia de um crime. Sobretudo quando estamos a ver bandidecos a tentar salvar a pele.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 Responses to Censura e El Solitário

Os comentários estão fechados.