Um Ministério Público educado para uma justiça obediente

O redactor da moção de estratégia de José Sócrates não aceita que a direcção do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público seja eleita, veja-se o despautério, por magistrados do Ministério Público. Pedro Adão Silva anda avesso a sindicatos e a manifestações. O bom sindicalista é um sindicalista educado e com muito respeitinho, de preferência nomeado por um chefe de gabinete, um assessor e no futuro – quem sabe – por um director geral. Há uns anos Alfonso Guerra, governante do PSOE que contestava a investigação sobre o GAL e outros escândalos governamentais em Espanha, declarou com orgulho que o governo tinha feito um grande progresso ao ultrapassar princípios vetustos como a separação de poderes do tempo de Montesquieu. É provavelmente, essa a grande reivindicação de Pedro Adão Silva: o Ministério Público deve ser controlado. As investigações não devem incomodar o governo e têm de parar sempre que o chefe quiser. Por isso, é normal que antes do processo ser investigado, os chefes de turno, a malta da hierarquia, assinalem publicamente até onde o processo pode ir. Tudo a bem da nação.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

11 respostas a Um Ministério Público educado para uma justiça obediente

  1. José Ferreira diz:

    “O redactor da moção de estratégia de José Sócrates não aceita que a direcção do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público seja eleita, veja-se o despautério, por magistrados do Ministério Público.”

    Onde é que isto está escrito pelo estratega ???

  2. Tiago Mota Saraiva diz:

    Nuno, deixemos por uns instantes os seguidores para reparar no silêncio dos cardeais e dos aspirantes.

  3. Nuno Ramos de Almeida diz:

    Meu caro,
    Não gostou do resultado da eleição. Acha que os tipos do MP elegem gente de má rés. Como ultimamente, tem-se especializado em escrever contra essa maltosa dos sindicatos e dos manifestantes, presume-se que queira gente mais civilizada e ordeira. Para quando um novo sindicato amarelo e responsável?

  4. Camelo no buraco da agulha? diz:

    Pois é, sobre isso disse nada!
    Chamou-lhe “Pescadinha de rabo na boca” e lamentou a falta de objectividade, o que mais importa.
    Não deixa de ser interessante o que também denuncia na “Opera bufa” http://lexico-familiar.blogspot.com/2009/03/opera-bufa.html

  5. ramalho diz:

    Com isto,afinal há algo de verdade do caso Freeport,tudo o resto é conversa a fingir.Só alguém que tem a pedra no sapato é que anda com estes malabarismos.Deixemos de falinhas mansas-Corrupção!

    Mas, que se acalme o malandro da BragaParques ainda arranjou um tacho numa empresa intermunicipal de Braga e mun adjacentes.É um despautério-esta gente é da estirpe dos gajos que roubavam no tempo do salazar só que ‘ingora’ é mais ‘democrático’ a bendizer.Ele há soluções para isso,para os que roubam o Bem Público e uma delas é o arresto de tudo o que foi surrupiado enquanto ao ‘serviço’ da comunidade e cadeia por muitos e largos anos opu a solução Djugashvili….

  6. ramalho diz:

    Vejam o artigo do Mário Crespo no http://braganzamothers.blogspot.com/

  7. bloom diz:

    fui a correr ver a posta do PAS para me indignar com tamanhos impropérios proferidos pelo militante socialista. Só que não consegui encontrar lá nada do que vem aqui escrito nesta posta. Seguramente, defeito meu. Mas já começo a perceber melhor os mecanismos de produção de certos telejornais de sexta-feira.

  8. lampiao diz:

    Mas o que é que o texto em link tem a ver com este vómito?
    a não ser que Nuno Ramos de Almeida seja pseudónimo de Manuela Moura Guedes,

  9. este post está empregnado de má fé, certamente que foi assim que o Nuno aprendeu, lá no PCP, a tratar a opinião livre e divergente. Sabe, por acaso, o fiel nuno, se PAS também vai à versalhes, lê textos de vital moreira ou é actor de revista no parque mayer? Acho que são coisas que você tem imenso jeito para procurar saber. acho até, a julgar pelo texto, que tem uma promissora carreira à sua frente

  10. penitente diz:

    meu caro PAS, quero me penitenciar por sempre ter pensado que eras um fervoroso esquerdalho, adepto de manifestações de 200 mil, da tendência socialista da CGTP, da captura do Estado por corporações e admirador de Mário Nogueira. Afinal, segundo o NRA és o contrário de tudo isto. Só boas notícias pela manhã :))))

  11. Caríssimos simpatizantes do PS,
    Só se pode dizer que o vosso nível é tão elevado como o dos vossos superiores. Mais quatro comentários assim, ainda ganham a plaquinha do assessor do mês. Força!

Os comentários estão fechados.