A bimbolândia anuncia-se

Agora, anda por aí meio mundo a falar de “censura” a propósito da tontice do spot da Antena 1. Gente que nem desconfia o que é a censura a sério. Gente que talvez apreciasse ver uma empresa pública a patrocinar mensagens chistosas glosando a falta de higiene dos ciganos ou o o absurdo que é o voto das mulheres.
Mas um reclamo que insinua que as manifestações se fazem contra quem tem o hábito da pontualidade (e, presume-se, do trabalho sem máculas) já é coisa louvável, acto da mais elementar liberdade de expressão. Ainda para mais, vinda de um órgão de comunicação estatal, que tem uma certa obrigação de evitar ofender quem o consome e sustenta.
Para impingir uma estação de rádio medíocre temos mesmo de fazer insinuações acerca da forma como alguns exercem os seus direitos? E não haveria por ali uma voz menos conotada com o poder para enfeitar a obra? Alguém aprovou aquilo sem calcular logo no que ia resultar? Será que o sabujismo já cega esta malta toda ao óbvio? Ou teremos chegado ao ponto em que só interessam os GRPs e os estudos da Nielsen, sendo a imbecilidade agressiva apenas mais uma ferramenta publicitária?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 respostas a A bimbolândia anuncia-se

  1. Paulo Ribeiro diz:

    olá! então fofo? amigos do 5 dias, Sff entregar o prémio “melhor apanha canas” para este amigo que caiu estrebuchado da cama ainda agora, não se sabe bem por onde andou e chega tarde para polemizar, logo agora, em fim de festa.
    caro, vexa não sabe, mas no final ficou assim: o dito anúncio foi uma violação da liberdade de manifestação feita para aí dois meses antes da dita se ter realizado. já se desconfiava, mas agora ficou cabalmente comprovado, que o actual governo, goza de omnisciência e omnipresença em toda e qualquer redacção. ok, exceptuando a do jornal “o público” e da tvi da manela e do Moniz. ficou ainda perfeitamente alicerçado em todos nós, a crença inabalável, na democraticidade dos jovens que escrevem neste blog. para todos eles, o prémio “melhor cobertura da espuma dos dias”. os meus parabéns.

  2. Luis Rainha diz:

    “da dita”?
    Foi essa portanto a primeira, a última e a única manifestação levada a cabo em Portugal. Não se tratou portanto de uma chalaça genérica às manifestações e outras actividades incómodas que alguns sociopatas crónicos de quando em vez encenam, só por desejo de chatear quem quer trabalhar a horas…
    Posso ter acordado agora, mas você ainda vai no primeiro sono.

  3. Antónimo diz:

    Lamento que se vá embora, não me parece que aprecie muito esse novo sítio para onde vai, mas já agora e a propósito deste tema deixei, mais abaixo, um poeminha do José Afonso. Na sexta tive uma discussão com umas três ou quatro pessoas, acerca deste caso. Bem interessante, que mais uma vez me demonstrou o triste estado do jornalismo que temos.

    Os Eunucos
    Os eunucos devoram-se a si mesmos
    Não mudam de uniforme, são venais
    E quando os mais são feitos em torresmos
    Defendem os tiranos contra os país

    Em tudo são verdugos mais ou menos
    No jardim dos harens os principais
    E quando os mais são feitos em torresmos
    Não matam os tiranos pedem mais

    Suportam toda a dor na calmaria
    Da olímpica visão dos samurais
    Havia um dona a mais na satrapia
    Mas foi lançado à cova dos chacais

    Em vénias malabares à luz do dia
    Lambuzam da saliva os maiorais
    E quando os mais são feitos em fatias
    Não matam os tiranos pedem mais

  4. Ibn Erriq diz:

    Ainda bem que existe os Rainha. Rainha espera lá isso é nome de homem?
    Bom, não interessa, ainda bem que existe o Rainha rainha para nos indicar o caminho, senão o que seria de nós!

    Tem alguma dúvida relativamente ás questões colocadas? Que estranho! Conhece Vexa a expressão “com a verdade me enganas”? Pois é técnica muito antiga e comummente usada!

  5. Paulo Ribeiro diz:

    pimba! esta foi merecida. ainda dói. não escrevo nem mais um c…… em minha defesa! julguei que o meu caro ainda estava ensonado mas enganei-me. olhe! força aí com esse assunto das manif’s e dos anúncios. o meu caro é que captou bem a coisada toda, dessa malta iníqua… a prejudicar e não sei o quê, boa?

Os comentários estão fechados.