A realidade é que se engana

A estatística é uma espécie de ciência do Estado. Infelizmente, os governos escolhem normalmente o caminho mais curto de melhorar a vida: em vez de mudarem a realidade, contentam-se em maquilhar os números, para assim transformarem os indicadores estatísticos. Encomendam-se trabalhos sobre a educação que são “vendidos” aos incautos como relatórios da OCDE. Sobre um dos maiores problemas nacionais, o governo e os seus propagandistas escolheram não olhar a situação de frente. O desemprego cresce, mesmo retirados aqueles que emigraram e todos os que já não vão aos centros de emprego, porque já não acreditam encontrar emprego. O número de desempregados cresce e infelizmente não vai parar de crescer.  Não há dia que não vemos uma fábrica fechar. Até os jornalistas mais cegos conseguem ver dezenas de camaradas seus a ser despedidos compulsivamente. Acreditem na propaganda , continuem a papaguear os slogans, vão ver como o mundo melhora.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.