Volte-face

No Blasfémias, João Caetano Dias reconhece que Jerónimo de Sousa (e consequentemente o comunismo) é o único sistema operativo.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 respostas a Volte-face

  1. jcd diz:

    🙂 Boa tentativa. Foi um sistema que teve a sua época de ouro, mas já não se usa…

  2. Sim, pá, mas um sistema operativo da idade da pedra, ó Tiago…
    Aliás, é o DOS prompt, um comando do Windows. Não é um sistema operativo.

  3. Tiago Mota Saraiva diz:

    Sim senhor, o mesmo argumento de sempre.
    Lá porque a Microsoft comprou o DOS, para o aniquilar, não quer dizer que o sistema não tenha sobrevivido (ver OpenDOS e FreeDOS).
    Aos microsoftocêntricos (como eu) diria que em breve se espera que se construa a alternativa.

  4. Filipe
    O DOS é um sistema operativo. Hoje continua a sobreviver lá no fundo dos mais recentes sistemas Windows.
    Em certos casos ainda é uma ferramenta indespensável para quem escreve aplicações para o ambiente Windows. Para o utilizador comum às vezes serve para desenrascar aqueles problemas que não vão lá doutra maneira.

  5. Jose Simoes diz:

    É claramente verdade.

    Só que ninguém o usa (excepto um núcleo muito pequeno a que ninguém liga. Ficarão até à morte a escrever programas que só um número muito pequeno de pessoas será capaz de utilizar).

    Ao contrário do que se diz é muito difícil fazer programas e debug (sei o que digo, usei DOS durante talvez 15 anos).

    José Simões

Os comentários estão fechados.