À atenção dos outros blogues

Venho por este meio dirigir-me a todos os outros blogues que, tal como o «5 Dias», têm comentários moderados.
Pois bem: proponho que se comece a estudar, com a maior urgência, a criação de uma Base Nacional de Comentadores de Blogues. Nessa Base, todos os bloggers deverão ter acesso ao IP de cada comentador, aos seus e-mails e aos diferentes nomes que os comentadores usam em cada comentário que fazem e em cada blogue. Um poderoso motor de pesquisa filtrará em breves segundos todos os resultados desejados.
Assim se dará um passo, quiçá decisivo, para acabar com essa verdadeira chaga social que é a dos comentadores que falsificam nomes e e-mails e que, em cada comentário que fazem, utilizam um nome diferente. Isso já é possível fazer a nível do próprio blogue, mas não a nível da blogosfera em geral. Todos nós iremos descobrir, certamente, coisas muito interessantes com esta metodologia. Não conheço bem a legislação, mas penso que será necessário pedir autorização à Comissão Nacional de Protecção de Dados.
Paralelamente, penso que devíamos pensar na criação de um Livro de Estilo da Blogosfera. O que se deve e o que não se deve fazer na publicação de «posts» e na aprovação de comentários. O tipo de «posts» a publicar. Os procedimentos a adoptar após a saída de bloggers. A relação com os diferentes poderes. A dicotomia blogue individual versus blogue colectivo. A criação de uma entidade para dirimir eventuais conflitos entre blogues.
Peço-vos que acolham esta ideia com amizade. A bem de todos nós. Juntos, seremos mais fortes.
Dentro em breve, voltarei à vossa presença para lançar uma outra ideia: a criação de uma Associação Nacional de Blogues com Comentários. Temos de nos distinguir daqueles blogues que não têm coragem de dar voz aos seus leitores. Que exibem, no final de um «post», um silêncio ensurdecedor. Que têm medo.
Agora, vou entrar em estágio para o sempre delicioso Jornal de Sexta da TVI. E depois de ver o programa, ou ainda antes, vou ler os comentários que, estou crer, sobre ele vão aparecer (é tão inevitável como a morte) num blogue perto de vós.
E lembrem-se: blogosfera unida jamais será vencida!

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

36 respostas a À atenção dos outros blogues

  1. toulixado diz:

    Oh meu caro, você parece mesmo saído do congresso do PS, ou anda a frequentar as reuniões da Comissão Nacional daquele partido.
    Curioso como os tiques se espalham depressa. Você quer ter acesso ao meu E-mail? Olhe que a esmagadora maioria dos IPs são dinâmicos não são estáticos.

    Bases de Dados de Comentadores, Livro de Estilo da Blogosfera?!…que raio de tiques…

  2. toulixado diz:

    Já agora mais uma achega, Berlusconi também anda a pensar nisso…

  3. fox diz:

    É isso. Ainda não há muito tempo apercebi-me de uma outra tentativa de pôr ordem nisto, preservar a moral e os bons costumes.
    Bora lá, que quem já nem usa os jornais sequer para limpar o cu também há-de arranjar utilidade para os blogs moderados. Moderados… que eufemismo saudoso.

  4. haeeem, Ricardo, desta vez é para levar a sério?

  5. pregas-me cada susto …

  6. JPG diz:

    Se a ideia é (era) acabar com as asneiras nas caixas de comentários, talvez não fosse mau lançar uma outra, concomitante: arranjar maneira de rastrear os posts, de cada blog, onde se dizem asneiras de igual calibre – como é o caso deste, manifestamente.

    Como pode ver, quem isto aqui veio dizer está identificadíssimo. Sem “medo” de porra nenhuma, por conseguinte.

    • Ricardo Santos Pinto diz:

      Pessoal, que falta de sentido de humor!
      Base de dados de comentadores? Acham que sou algum facho?

  7. rms diz:

    Quem não segue a novela n percebe o post, é verdade…

  8. j diz:

    Eu, então, proponho a Associação Nacional de Blogues com Juízo.

    “Juízo”, que é coisa que, ás vezes, falta a alguns de vocês.

  9. ahahahah!
    E se fizesse um desenho …

  10. Parafraseando Mário de Carvalho:

    “(…) Dou umas aulas de guionismo na Escola Superior de Comunicação Social. Os miúdos são porreiros, mas se uso uma pequena ironia não a entendem, se utilizo um provérbio não sabem o que é, se passo uma rasteira todos caem. E o vocabulário é reduzidíssimo.”

  11. Carlos Vidal diz:

    Ó Ricardo, como sabes, eu só entro em projectos ou em iniciativas que pressuponham violência armada.
    Onde é que isso cabe no teu projecto ?????
    Violência armada, já.

  12. jpt diz:

    David Fernandes:

    Lembro-me duma aula de química (faculdade) em que o prof disse “esta é uma reacção vulgar, de Lineu…”. Um aluno levantou o braço e disse: “prof, n conheço a reacção de Lineu…”

  13. E eu proponho que os comentadores anónimos (o que não é, evidentemente, o meu caso) sejam lapidados na praça pública e entregues à ERC.

  14. Carlos Fernandes diz:

    RJPinto, eu tenho uma opinião muito própria sobre este assunto, quando cá vieres abaixo à “província dos mouros”, se quiseres manda-me um mail (aqui neste email) , combinamos e tomamos um bom cimbalino e dou-ta de viva voz, aproveitamdo para ter o prazer de te conhecer pessoalmente. Abraço.

  15. Ricardo Santos Pinto diz:

    Esqueci-me dessa parte, Carlos. Com efeito, se é verdade, como dizia um comentador anterior, que a maior parte os IP’s são dinâmicos e que a identificação será mais difícil, teremos de usar meios… como direi, menos ortodoxos.
    Proponho que se usem todos os meios para encontrar comentadores que dão nomes falsos. Em seguida, esses comentadores deverão ser imediatamente liquidados.

  16. agora que percebi porque é que quando abro o 5dias me cheira logo a pólvora!

  17. Su diz:

    Ó Ricardo, cautela homem! há quem fique com epiteto de reaccionário por bem menos que isto.
    Está comprovado que somos um povo mais dado ao fado do que à ironia. Veja-se o caso da Drª Ferreira Leite, não pára de descer nas sondagens porque a malta não digere a sua fina ironia…

  18. Maria Bolacha diz:

    Eu concordo.Menos a parte do liquidar o pessoal dos ip’s dinâmicos. (O meu é e ainda uso um mirror.) Mas podíamos fazer uma espécie de totoloto. IP repetido dava direito a uma caixa de chocolates. Ou bolacha maria.

  19. LAM diz:

    pode-se fumar?

  20. Pedro diz:

    Não concordo com o livro de estilo. Irra, agora é preciso uniformizar a blogosfera também? Onde ia parar o meu maradona?

    Mas!, mas a ideia dos comentários é vagamente apelativa. É que começa a ser demasiado perigosa a utilização abusiva e caluniosa de cobardezinhos anónimos. Isto da interactividade e da democracia directa é muito giro mas o pessoal é mesmo estúpido e mal formado. Mas olha, deixem-nos estar, temos de os encontrar em algum lado nesta vida.

  21. Fernando diz:

    Mais uma limpeza moralista, é o que pretende; aliás, de acordo com o tique securitário de uma certa esquerda. Sentindo-se incomodado, feche a caixa de comentários. O problema fica resolvido sem necessidade de recorrer a um big brother blogosférico.

  22. Tendo em conta que em Portugal se usam IPs dinâmicos (um IP diferente sempre que se estabelece uma ligação à internet), parece-me que essa medida não iria resultar. O IP com que comento agora, não é necessariamente o IP com que comentarei daqui a 10 minutos, se me desligar e voltar a ligar.

    O que estabelece a unicidade é o IP + o grupo data/hora, e quem tem esse dado são os ISP (INternet Service Providers) e esses dados apenas podem ser divulgados se solicitados por via judicial.

    Plano B?

    • Ricardo Santos Pinto diz:

      É lamentável que tantos não percebam a merda de uma brincadeira. BRINCADEIRA, da primeira à última palavra. Perceberam agora?

  23. Caro Ricardo,

    Não tenho o prazer de conhecê-lo pessoalmente. No âmbito das minhas competências profissionais tenho encontrado pessoas com propostas bem mais arrojadas e rebuscadas que a sua, apesentadas de forma convicta, sobre a mesma temática.

    Ora, se não o conheço, não consigo perceber se está a ser irónico, a letra com que escreve não permite identificar a ironia, ou se está a falar a sério.

    Como é que raio quer o Ricardo que eu perceba que se trata duma merda duma brincadeira, explique-me lá?

    • Ricardo Santos Pinto diz:

      Tão ridículas eram as ideias apresentadas que pensei que se percebia que estava a brincar.
      Mas tem razão. Desculpe.

  24. Ricardo, se trabalhasse na minha área (trabalho no SAPO, sou, entre outras coisas, a responsável pelos Blogs do SAPO) conheceria certamente muitas ideias bem mais ridículas 🙂
    A sério, é inacreditável as propostas que por vezes me chegam. À luz dessas, esta pareceu-me um esforço razoável, por parte de um não-técnico. Acredite, não é tão ridícula assim, comparada com outras 🙂

  25. eheeheh este pessoal é mesmo doido! Acabei de reler o texto de despedida do Ricardo, né!!!) F-se! Post’s y comment’s y coisas assim são pensamentos ( qd o são) y são defuntos! mortos! coisa que a gente vai deixando … … uma espécie de versão moderna, ajustada aos tempos que correm “palavras leva-as o vento” … “palavras leva-as os post’s” … Os humanos tm uma tendência natapar a complicação sempre com o singelo pretexto da perfeição!!! Cá nada!
    Bolas Y percebe-se bem q este POST’ é uma BOA PARÒDIA as mentes piquinininhas das pessoazinhas muito finórias que têm pudor a confessar o seu lado Hitleriano. Pois. Eu cá Cultivo y com muito prazer y gosto o meu lado Hitleriano y não abdico dele. Sim, Sr. tenho moderação de comment’s lá no Harém. Ora, se posso ser ditador num sítio porque é que vou cultivar a farsa da Democracia??? ehehe esta gente gosta de cultivar o farsolas ( falo das mega celeumas y filmes intelectuais que por todo o lado se ouvem sobre assunto tão bem caricaturado no Post)
    Y n sou um gajo! Sou um Ditador y gosto de escrever certas palavras no masculino. Será tb me vão dizer que isso é proibido?? Que eu ando a Enganar as pessoas com a minha identidade????? F-se!

    Bolas! Crianças de 15 anos aprendem nas Aulas de Filosofia qu~eto à RESERVA DA SUA IDENTIDADE!!!!!!!!! ( Escrevam Isso!) Faz parte da DIGNIDADE HUMANA ninguém ser questionado sobre Sí! Sobre si PRóprio!!!!!!!!!!!!!!!!!! ( Escrevam Isso!)
    Meu D/deus: o nível c que até”institucionalmente” já vi discutida esta questão deixa-me a pensar: O QUE É QUE ESTA GENTE ANDA A PENSAR SOBRE O QUE É ANDA A FAZER NESTA VIDA? NESTE PLANETA??
    É deveras constrangedor a palermeira com que tratam a vida. F-se! A vida não é uma Etiqueta! Quanto mto é mais parecido com uma doença que se cura com a morte.
    F-se! Acho que vou para a onda do CV. A ver se aparece alguém para prender a gente… por guerrelhismo selvagem ou terrorismo-tosco.

    PS.: RSP 😉 LOL RLOL ( Linguagem do Twitter)

  26. Fernando diz:

    Nem todos atingimos o nirvana do humor subtil. Como diz um amigo: há brincadeiras do caralho.

  27. JPG diz:

    Portanto: quem não descobriu a finíssima ironia deste “post”, em que se dá roda geral de imbecis aos leitores, não passa de um refinado cretino. Ou seja: a ironia era tão fina que nem um único camelo a conseguiu reter. Isto é: dá-se um enxerto de porrada, na boa, mas era só uma brincadeirinha.

    Esplêndida, de resto. Aliás, fixérrima. A fórmula ideal para insultar a torto e a direito a inteligência das pessoas, sem ser a coberto do anonimato, é verdade, mas antes por detrás da mais “brincalhona” e impenetrável “ironia”.

    Digo isto a brincar, como é evidente.

  28. Ricardo Santos Pinto diz:

    Criação de uma Associação Nacional de Blogues com Comentários? Blogosfera unida jamais será vencida? Listagens de comentadores tipo PIDE? Livros de estilo? Juntos seremos mais fortes?
    Desculpa lá, JPG, mas quem achou que era a sério é que me insultou. Tenho muitos defeitos, mas não sou maluco.

  29. JPG
    “Ou seja: a ironia era tão fina que…”

    Não era. O problema é esse: não tinha nada de fina. Era grossa.

    Como o próprio já explicou agora mesmo.

  30. matrix diz:

    Cá para mim, isto é pura carneirada. Pega-se! Vai de reboque Heil, Heil Mein Fuhrer! E que tal um “chispe” nos comentadores, também não seria má ideia, não?!

  31. Pingback: Aventar » Cá estou eu outra vez

  32. Pingback: r. |

Os comentários estão fechados.