Nuno Brandão Costa

A maioria das pessoas não reconhecerá o seu nome. O Nuno Brandão Costa, nascido em 1970, foi ontem distinguido com o Prémio Secil de Arquitectura – o mais significativo prémio para obras projectadas por arquitectos potugueses. A obra premiada é um edifício administrativo e de exposição dos Móveis Viriato, em Rebordosa, no concelho de Paredes.
O Nuno é daqueles arquitectos que tem escola e faz escola. Fiquei contente com o seu reconhecimento.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.