Já há arguidos no caso Freeport

baldessari2
John Baldessari. Profile with Ear and Nose. 2006.

A notícia está em vários sites de jornais, mas ninguém foi ainda referido com esse estatuto. É provável que nos próximos dias se possa saber mais, ou não (e, neste caso, tudo é provável e improvável, até porque os eventos já têm anos). Mas foram ouvidos nos últimos dias os nomes mais falados nesta questão Freeport (ou “Fripór”, como se lhe refere J Sócrates): Charles Smith, Manuel Pedro e, hoje, Júlio Monteiro, tio do PM, J Monteiro que se julga ter posto em contacto com o então ministro do Ambiente (o actual PM, como se sabe) os intermediários ou representantes em Portugal do sr. Coolidge da Freeport (precisamente, Smith e Pedro).
Júlio Monteiro, afirmou o seu advogado, entrou e saiu do Tribunal de Cascais como testemunha e não arguido. Mas alguém esperava outra coisa? (Poucos resultados e ultra secretismo ultra, mesmo quatro ou cinco anos depois.)
Entretanto, falta ouvir Hugo Monteiro. Quem é Hugo Monteiro, pode perguntar o leitor? Ora é, nas palavras de J Sócrates, “um filho do meu tio”, que está neste momento a estudar artes marciais no Nepal. De seguida, se o leitor quiser saber mais sobre este assunto não leia o blogue Jugular (entretidos a cascar em empresários desalinhados com o PS, por exemplo), nem sintonize a RTP 1, sff.
Boa noite.

baldessari1988
Baldessari.1988.

ADENDA: É verdade, lidos os meus colegas, tenho de confessar – tanto “Fripór” já enjoa. Deveríamos estar a falar do congresso do PS. Vai realizar-se neste fim-de-semana de Carnaval, não é?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

24 Responses to Já há arguidos no caso Freeport

Os comentários estão fechados.