Quem se mete connosco…

trot

Quem esperava que Joana Amaral Dias fosse perdoada, depois da sua escapadela soarista, por certo não conhece o BE. Nem imagina qual é um dos passatempos dilectos dos trotskystas: manter um registo preciso, dia a dia, minuto a minuto, de quem é ou não é “de confiança”.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

10 Responses to Quem se mete connosco…

Os comentários estão fechados.