Em bicos dos pés

André Azevedo Alves recomenda a Francisco Louçã a bibliografia que ele precisa de consultar para perceber alguma coisa de Economia.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

7 respostas a Em bicos dos pés

  1. RAF diz:

    Se Louçã aplicasse os conhecimentos económicos e as políticas económicas que defende, acabávamos todos a passar fome.

    Aliás, não conheço nenhum país que se defina como “anti-capitalista”, como o fez Louçã este fim-de-semana, que tenha conhecido o caminho do progresso e da riqueza para as classes médias.

    Bastar-me-ia um só exemplo, um, mas a cegueira é mesmo a mãe de todas as desgraças.

  2. Luis Rainha diz:

    Mas o Louçã agora é um país? E quais serão os “conhecimentos económicos” que ele defende?

  3. Luis Moreira diz:

    O Louçã não deve ter lido o Menger.Com toda aquela publicação científica não teve tempo.Quanto ao capital não produtivo estamos a passar uma crise que tem pai e mãe.Mas enfim, há sempre quem prefira ser orfão.

  4. Pingback: Escola Austríaca cada vez mais popular « BLASFÉMIAS

  5. Pingback: Esmagado « O Insurgente

  6. Zé Bonito diz:

    Mas, RAF, conhece algum país “anti-capitalista”, exceptuando Cuba? E nesses que não são “anti-capitalistas” (todos!), como andamos de “classe média”?

  7. GL diz:

    E quem disse que Louça quer o regresso e a riqueza… da classe média?

Os comentários estão fechados.