Adoro bater na oposição

goebbels

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

13 respostas a Adoro bater na oposição

  1. Ouvi as ameaças de Manuel Alegre proferidas hoje contra o Ministro Santos e Silva, chegando inclusive a referir uma suposta promessa de emprego por parte de António Costa para o filho deste na CM. Independentemente do estilo rude e excessivo do Ministro de assuntos parlamentares, Manuel Alegre recorda-me aqueles velhos…

    http://planetaspolitik.blogspot.com/2009/02/o-nababo-do-ps.html

  2. manuela diz:

    Verdade verdadinha, nunca me imaginei num cenário destes. Um ministro é um ministro é um ministro.
    Tenho que repetir isto muitas vezes para me preservar. Um ministro é um min… um ministro é…

  3. Luis Moreira diz:

    Mas este Santos Silva quando lhe dá para a asneira é um ver se te avias.

  4. Carlos Vidal diz:

    Um dia, na oposição, como será a vida deste nosso goebbelzinho?
    O que faremos com indivíduos destes na oposição?
    Desligamos a televisão também? Partimo-la como agora?
    Continuarão a existir?

  5. Pois. Vocês n acompanhavam os artigos dele no público, né? eh ehe ehe Eu cá acho que ele and muito certinho. Quando se entusiasma ….. é verdadeiramente Lindo… Qual Eça de Queirós eh eh eheh … O ASS é Brilhante y altamente Assertivo no Verbo.

  6. Camelo no buraco da agulha? diz:

    Pois… partir a televisão: é o que resta, a quem não sabe fazer nada melhor (em termos de resultados, né?)

  7. Luis Moreira:

    A verdade quando doi, há quem lhe chame asneira … 😉

  8. Camelo no buraco …., partir a televisão é apenas uma bonita metáfora.

  9. CV.: Pinta lá uns quadros prá gente apreciar… Gosto do teu traço negro (!!!) … Vinga-te com a tinta!!! 😉 ( andas mto apoquentado, hombre … y ainda arranjas um AVC …)

  10. NRM … faz de conta que n percebi … Ou melhor, … Bolas! nem com essa imagem de papão-mau o ASS consegue acordar este povo dorminhoco … parece que é sempre de manhã

  11. Eu vou-lhe explicar iso , Castelo Branco, a ideia de “malhar” na oposição e não discutir com os camaradas de partido é mais própria dos Estados totalitários ou “gonvernanças” (como com tanta graça diz o ministro da propaganda) ditatoriais. Percebeu?

  12. “Ò malhão, malhão, mas que ideia a tua” … “comer y beber y passear na rua” … Vês Ramos de Almeida, não é nada disso com que tu te apoquentas y nos apoquentas a nós. O Castelo-Branco tem razão.

Os comentários estão fechados.