Mantorras, um verdadeiro resistente


Liguei a televisão e lá estava ele a ser entrevistado. Suspeitei que mais uma vez tinha entrado para marcar. Nem mais. Um golo combatente, consciente e certeiro para devolver a alegria ao povo. A condição fundamental para se ser um resistente não é afirmá-lo. Para se ser um resistente é preciso que o povo queira.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 respostas a Mantorras, um verdadeiro resistente

  1. YYYYYYY que defeito tão feyo y ruymnyto que tu tens, myúdo.

  2. Tiago Mota Saraiva diz:

    benficância?

  3. Sim. Essa coisa medonha que uma pessoa no caminho da perfeição facilmente evita 😉

  4. Madre:
    A perfeição é para os pobres de espírito.
    Os heróis são feitos de imperfeições, tal como o Mantoras, que nasceu no lado errado do mundo, no bairro errado, com o joelho errado e com a cor errada. A única coisa que lhe saiu bem foi ser benfiquista.
    Deixem jogar o Mantoras.

  5. Madrecita:
    SCP…hum… no conozco!

Os comentários estão fechados.