Eu não vou marchar contra os bretões !!

kw20051
Krzysztof Wodiczko, “If you see something” (vídeo). 2005

Repare-se no ponto 5 da carta do Procurador, referente a este caso Freeport, onde se diz que se efectuaram diligências desde que entrou na Polícia Judiciária de Setúbal uma carta anónima em 2004. Repare-se bem, 2004 !!!!!!
Até hoje: RESULTADO ZERO !!!!!! (Em termos públicos: ZERO!)
Mas aqui houve diligências a partir de uma carta anónima (li bem não foi?)
O Ponto 7 desvaloriza as suspeitas da Polícia inglesa e evoca, com um certo desdém (parece-me) uma “denúncia” anónima de 2005! Portanto, há uma carta anónima mais valiosa do que a outra (ou é a mesma e quando enviada aos ingleses é desvalorizada: denúncia? carta? denúncia sem carta? Qual é a diferença entre «carta anónima de 2004» e «denúncia anónima de 2005»?) – e ambas parece não levarem a lado nenhum. Entretanto, repare-se o que é que a Polícia inglesa andou desde 2005 (!!) até hoje: chegaram iclusivamente ao primeiro-ministro de Portugal. E quanto andou a Polícia portuguesa de 2004 até hoje: aparentemente NADA! Que se saiba, NADA!
O ponto 9 da carta do Procurador diz:
«Ninguém está acima da lei, mas nenhum cidadão português pode ser considerado arguido, nem sequer suspeito, unicamente porque a polícia de outro país o coloca sob investigação com base em hipóteses levantadas e não confirmadas e que servem somente para justificar um pedido de colaboração.»
O tom é acintoso e, de certo modo, “nacionalista”. Parece-me que se está a considerar a Polícia inglesa CULPADA de abusos e ilegalidades.
Resta-nos aguardar até logo à noite, se calhar.
Ou pelos próximos anos, se calhar.
(Post ligeiramente modificado, 23:25)

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

9 respostas a Eu não vou marchar contra os bretões !!

  1. Carlos Fernandes diz:

    E o drama desta situação nem é o actual Primeiro Ministro de Portugal estar a ser acusado de corrupção e com fortes indícios incriminatórios, e a consequente repercussão disto no rating e na credibilidade internacional da Républica Portuguesa. O drama maior ( oxalá estivesse a ser pessimista e não realista) é a actual oposição com aspirações governativas não valer nada e não haver alternativas a esta situação. Porque se calhar o PSD ( não ficando de fora nenhum outro partido, obviamente) tem muitos dos ditos ” barões” com muitos frio nas mãos , e com muitos pares de fortes agasalhos para as terminações dos seus memnbros superiores.

    Por exemplo, parece que foi no tempo de governos PSD que houve a aprovação do combate aos fogos passar a ser de vez privados em vez da Força Aérea. Independentemente de se constatar que isso constitui um aumento escusado e obsceno da despesa pública paga pelo povo e pelo contribuinte português e que portanto foi uma péssima medida, seria interessante que algum jornalista português visse se o governante que tomou tal medida tem algum coisa a ver com empresas privadas aéreas…

  2. Muito me admira-me a tua vénia ao Carlyli. Parabéns CV, quem diria. O Odio a quanto voluntaria.

  3. Carlos Fernades,

    Nem é pelas eleicções. O PS não está descabeçado como o PSD. Há o Augusto Santos Silva.

    O Problema é mesmo “na credibilidade internacional da Républica Portuguesa.” isso é realmente o estoiro! Y realmente por alma de quem: CARLYLE! Y os motivos alegados “pelo” Carlyle são de um absurdo caprichoso.
    Engraçado, ainda n vi uma linha biográfica a circular sobre o ilustre novo-kantiano Carlyli.
    Depressa descobririamos porque Merdas andava a República Portuguesa a ser enxovalhada mundo fora.

    • Ricardo Santos Pinto diz:

      Ó De Puta Madre, começamos a discordar. O Augusto Santos Silvas é das coisas mais execráveis que anda na política portuguesa.

  4. Luis Moreira diz:

    isso dos fogos, ou antes, dos trinta anos de fogos, com meios aéreos a concurso em que só havia um concorrente, com meios ineficazes e que ganhava um balúrdio,é uma estória gira de se investigar.O problema é que nos homens da Paz há muitos interesses partidários(não sei se já reparou que os dirigentes nacionais dos bombeiros são dirigentes dos dois partidos de governo).Pelo que sei há a distribuição de um milhão de contos/mês para manter a estrutura existente.Os fogos só foram controlados quando apareceu outra empresa a explicar que havia outros meios para combater fogos efiscazmente e ganhou o concurso.Mas durante 30 anos ganhou sempre a mesma empresa.Qual? SLN!! (uma das empresas controladas por…)

  5. Luís Moreira ( Bom Ano Hombre!) Ora conta lá o resto … assim não à vale. Dentro de casa é que se lava loiça …

  6. Andas distraído Ricardo Santos Pinto. Ou andas a ler o Daniel Oliveira … Pois, estás enganado. O ASS é ruím como as cobras eh ehe ehe eheh pois é ( mas eu não quero casar com ele, nem seramigdele, nem vizinha, nem assalariada, nem aluna …). Mas é Competente, Brilhante, Implacável.

  7. Carlos Fernandes diz:

    Luis M., trinta anos de fogos como, se ainda até recentemente há coisa de meia dúzia de anos, os fogos eram combatidos pelos meios da Força Aérea (só ocasionalmente e em manifesta necessidade se recorria à contratação de privados), e ainda hoje os kits de adaptação dos Pumas e C-130 que estão no Montijo estão com ferrugem, mas ingloriamente inoperacionais. Ah, aqui sim! Falou da SLN? Falamos de uma certa àrvore que dá apelidos que têm sido não maus ou péssimos frutos, – e impunes – fazendo com assim com que o principal adjectivo desta III Républica das muitas àrvores bananeiras, seja a impunidade a par da corrupção ! ,-correcto?

    Pois, pois J. Pimenta , como dizia a feliz frase publicitária outrora inventada por um velho colega aqui do Dr. Rainha…

Os comentários estão fechados.