A propósito de Jaime Isidoro

isidoro 

No «post» anterior, achei por bem assinalar a morte de Jaime Isidoro, embora nada mais tenha dito sobre o tema. Por manifesta falta de tempo, mas também porque a arte não é propriamente a minha especialidade.

Conheci Jaime Isidoro em Vila Nova de Cerveira, onde todos os anos passava férias com a família. Era apenas um miúdo. Numa das Bienais de Arte que organizou, apresentei-me e falei um pouco com ele acerca do Porto, a sua terra-natal e a que ele mais amava, a par da vila minhota. Ao lado, estava também  José Rodrigues, outro artista de mão-cheia, um dos muitos que o Porto ainda tem.

Para além de ter sido fundador da Bienal de Cerveira, penso que se deve destacar também o papel que teve na Galeria Dominguez Alvarez, por onde passaram alguns dos mais conceituados artistas portugueses.

Era esta a visão pessoal que queria deixar de Jaime Isidoro. Quanto à sua arte, reservo-a para os especialistas.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 respostas a A propósito de Jaime Isidoro

  1. Luis Moreira diz:

    Ricardo, o pessoal levou a peito o meu pedido e já tenho o suficiente para procurar mais.Obrigado!

  2. Ouuuupss ainda sem mundo!! …
    Qd voltar vou ver o que andaste a rabiscar …
    Entretanto diz ao CV que eu estou 99, 999999% com o Socras apesar de lhe ter uma sede … mas um tiÚ daqueles é pior que um Brutos!
    Y depois se aquele 0,0000000001 de dúvida fica para me enfurecer por o gajo não ter tirado no mínimo uns 130.000.000. 00 ( Prémio euro milhões!) àquela cambada de Ingleses!!! Mas os gajos andam a gozar???? 5 milhõezinhos para quê???? Isso é migalha! Aonde é que 5 milhões é UMA ENORME QUANTIDADE DE $$$$$$ ( Os gajos são ingleses, né????) , mas quem é que brinca??? O Boss da Microsofft vai deixar só para começo de vida o valor simbólico de 10 milhões de euros a cada um dos filhos …. épá! Pensem lá!: Onde é que 5 milhões de Euros são uma fortuna escandalosa para – em UK – o outro ter ficado estérico para mandar investigar???? Andam a querer enganar quem??? Correr Ingleses a pontapé!!! y bem corridos … à dentada se possível!!! Y deixem lá o Socras esquecer que tem aquele cromo como tiÚ!

    Pois. Pois! É! Estou com o Socras apesar da Arrábida ( Inimiga pública Nº 1).
    Bem miúdo … voltarei qd for possível, nem um magalhães à vista …

Os comentários estão fechados.