Resposta ao Rui Bebiano

O Rui Bebiano tem todo o direito de não gostar da opinião das pessoas do 5 dias. Como tem todo o direito de nos retirar da sua escolha habitual e nos substituir pelo Jugular. O que me parece demagógico e insultuoso é pensar que as nossas opiniões são feitas para grimpar no blogometro. A mim não me passa pela cabeça dizer que as opiniões do Rui Bebiano são, as que são, para fazer fretes ao PS. Acho que toda a gente tem direito a ver as suas ideias avaliadas pelo seu valor facial, e não adulteradas por julgamentos de carácter pouco sérios.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

13 respostas a Resposta ao Rui Bebiano

  1. Carlos Vidal diz:

    Colaborei, sem o conhecer, com o Rui Bebiano num livro colectivo organizado por um amigo comum (Carlos Leone) para a Celta, projecto interessantíssimo: “Rumo ao Cibermundo?” (2000). Não julgava o Rui Bebiano assim, como dizer, tão “subversivo”, tão “incisivo”. Enfim.

  2. Nuno, essa do «fazer fretes ao PS» está porreira. Só é pena eu não perceber. Mas prontos. (A qualquer momento o 5 Dias voltará à posição de onde não devia ter saído.)

  3. Nuno, essa do «fazer fretes ao PS» está porreira. Só é pena eu não perceber. Mas prontos. (a qualquer momento o 5 Dias voltará à posição de onde não devia ter saído e onde durante muitas semanas se manteve ao lado do Jugular, espero)

  4. Só uma pequena adenda mais. Não sei de onde se pode inferir «não gostar da opinião das pessoas do 5 Dias». Neste momento, nos 10 post que costumo destacar estão 3 deste blogue, incluindo um do Nuno (e zero do Jugular, já agora). E por isso mesmo escrevi o post em questão. Não gosto, de facto, da opinião «de» (embora nos casos citados não se trate de opiniões, mas de meras ‘boutades’), e não «das». Só isso.

  5. Só uma pequena adenda mais. Não sei de onde se pode inferir «não gostar da opinião das pessoas do 5 Dias». Neste momento, nos 10 post que costumo destacar estão 3 deste blogue, incluindo um do NRA. Aliás, por isso mesmo escrevi o post em questão. Não gosto, de facto, da opinião «de» (embora nos casos citados não se trate de opiniões, mas de ‘boutades’), e não «das». Só isso.

  6. António Figueira diz:

    Qual é a diferença entre João Verde e Rui Bebiano?

  7. Uma correcção, se não se importam: o primeiro comentário, que saiu de um computador usado colectivamente, vai assinado por outra pessoa, a qual nada tem a ver com o assunto (manias do firefox). Peço desculpa (a ela e a vocês) pelo lapso e pelas repetições.

  8. Rui Bebiano, João Verde, Rui Verde, João Bebiano,
    A tua análise não foi feita sobre algumas opiniões, mas sobre o 5 dias, qualificando um todo a partir de algumas opiniões. Em relação ao texto sobre o Soares eu já o comentei, sobre a ausência de fonte da foto do Vidal, ele dá a confirmação do acontecido nos comentários. Infelizmente, não é o único que produz afirmações sem as comprovar com a fonte. No outro dia, o meu caro Rui Bebiano falava que o subcomandante Marcos, para escândalo generalizado da sociedade mexicana, tinha inventado uma carta do Obama e eu não vi link nenhum e tive pena. Até pq pesquisando no La Jornada e outros jornais mexicanos não consegui encontrar nada da carta nem do escândalo e gosto sempre de ler os textos do sub, mesmo com outra assinatura.

  9. Nuno Ramos de Almeida diz:

    Escrevi o meu último comentário antes de ter lido a explicação sobre o João Verde.

  10. Antónimo diz:

    Não frequento Rui Bebiano e a sua dele acusação final é bastante tola, como a maioria das que faz, aliás.

    Mas, infelizmente, quando se refere a “calúnias, verborreia e embustes […] fazendo lembrar o chamado «paleio de retornado» do antigamente” já parece mais acertado.

    É que há vacas sagradas que são mesmo sagradas. Uma delas é a da participação e intervenção cívica corajosa, destemida, mas correcta – mesmo quando mais violenta no tom e substância.

  11. António Figueira diz:

    Eu lembro-me de ter visto um comentário do João Verde aqui há uns tempos.
    Se bem me lembro, dizia que o 5dias estava péssimo, que ia deixar de cá voltar.
    Espero que não tenho sido o Rui Bebiano a fazê-lo, por engano.

  12. a.m. diz:

    Esse Rui Bebiano vai longe…
    Enfim, cheira-me.
    Porque o leio sempre…
    Vamos a ver, como dizia o cego.

  13. JP diz:

    Só para dizer que não me espanta toda esta conversa da treta. Há pessoas que têm a mania que são intelectuais e, julgando-se donos da sabedoria, julgam que as suas “boutades” são opiniões profundas. O que testemunho é que quando chamados à razão, quando chamados a tomar posição sobre assuntos sérios, relacionados com a nossa cultura, como seja o encerramento do Museu Nacional da Ciência e da Técnica (caso ocorrido em Portugal durante o Ano Internacional da Física, e que só tem paralelo no Afeganistão ou no Iraque), cuja machada final foi dada por este governo, debaixo dos seus narizes, assobiam para o lado e limitam-se a escrever “boutades” sobre a baixa cultura das alunas universitárias.

Os comentários estão fechados.