Tribunal de Contas chumba as contas dos dois primeiros anos do mandato de Santana Lopes [actualizado às 11:45]

“O Tribunal de Contas chumbou as contas dos dois primeiros anos do mandato de Pedro Santana Lopes na Câmara de Lisboa (2002 e 2003), por irregularidades ligadas à falta de informação sobre a realidade financeira e patrimonial da autarquia.”

Não se engane o prezado leitor, esta notícia é fresquinha. Foi ontem motivo de um take da Lusa.
Esquecendo o objecto da notícia e a personagem em causa, questiono-me como é possível que o chumbo apenas se concretize 6/7 anos depois? Como é possível, que uma entidade que fiscaliza as contas públicas, apenas declare o chumbo das contas dos primeiros anos do mandato de Santana, depois da CML já ter tido dois Presidentes de Câmara, e depois do próprio Santana ter sido: Primeiro Ministro, Presidente do PSD, Presidente do Grupo Parlamentar do PSD, Candidato derrotado a Primeiro Ministro, Candidato derrotado a Presidente do PSD e Candidato a Presidente da Câmara Municipal de Lisboa?

Actualização: Por este andar, apenas em 2014 saberemos alguma coisa sobre o actual executivo. Por onde andará António Costa em 2014?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 Responses to Tribunal de Contas chumba as contas dos dois primeiros anos do mandato de Santana Lopes [actualizado às 11:45]

Os comentários estão fechados.