Terceiro mundo já ao lado

A livraria favorita de quase toda a gente:

– obriga os funcionários a trabalharem sete dias por semana;

– proibe baixas médicas e penaliza os funcionários que ficarem doentes;

Рimp̵e objectivos irrealistas (embalar 140 X-Box em 60 minutos);

– usa trabalho temporário;

– impõe controlos às idas à casa-de-balho;

– usa câmaras para vigiar os funcionários;

– paga mais 60 cêntimos do que o salário mínimo à hora.

Fonte: The Times

Felizmente, estou certo que os blogues liberais estão disponíveis para nos explicar que os funcionários da Amazon trabalham para a empresa de livre vontade e estão integrados num modelo de negócio que a maioria dos clientes aprovam com o seu dinheiro. Ou seja, os fornecedores vendem os seus livros (a margens mínimas), a Amazon lucra (muito), os seus funcionários sobrevivem (a custo), os clientes têm os seus livros a preços (que acham) baratos.

O mundo é belo.

Via Blogtailors

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

14 Responses to Terceiro mundo já ao lado

Os comentários estão fechados.