Parem as rotativas!

O nosso António Figueira é doutor por extenso. Hoje foi a discussão da tese sobre: “A Invenção das Minorias. A aplicação da Convenção Quadro para a protecção das minorias nacionais do Conselho da Europa e o alargamento do conceito de minoria nacional”.
Para a história, o nosso rapaz foi aprovado com louvor e distinção.
Pensar que o conheci pequenino e ignorante. Qualquer dia é ministro da Marinha. A outra boa notícia é que vai passar a postar cinco vezes por dia.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

11 respostas a Parem as rotativas!

  1. ezequiel diz:

    Parabéns António!!!!

    🙂

  2. Tiago Mota Saraiva diz:

    Parabéns António! De minoria em minoria até à vitoria final!

  3. “De minoria em minoria até à vitoria final!”

    Tiago, pareces do Bloco :).

  4. Diana Ralha diz:

    Camarada,
    Fico feliz pelas novidades. Saudades muitas.
    Diana Ralha

  5. Um beijo grande, António.

    (invenção das minorias????)

  6. RAF diz:

    Embora me pareça que o tema deve ser uma grande “esquerdalhada”, tese é tese, e dá sempre muito trabalho sério. Muitos parabéns, e venham lá os cinco posts por dia, que muito jeito me vão dar, que isto anda demasiado calminho.

  7. António Figueira diz:

    Caros todos,
    muito, muito obrigado.
    Os cinco posts por dia é que não podem ser para já, porque agora estou a preparar a proposta do pós-doc.
    Abraços, AF

  8. jorge c. diz:

    Muitos parabéns ao grande Figueira!

  9. mitomano diz:

    mortinhos pela burocracia, hierarquia e conhecimento.

  10. Parabéns.
    Mas espero que não seja como a Lurditas. Espero que, pelo menos, tenha feito do 9.º ao 12.º ano antes de fazer a licenciatura e que tenha feito o mestrado antes de fazer o doutoramento.

Os comentários estão fechados.