Patetas de todo o mundo, uni-vos

Alguém explica ao João Miranda que o ataque massivo de informação que se promoveu no 5dias provoca que textos como este pareçam um pouco palermas? Dizer que a luta pelo aumento dos salários é contraditória com a crítica à sociedade de consumo é, no mínimo, uma palermice.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 respostas a Patetas de todo o mundo, uni-vos

  1. Spartakus diz:

    Face a uma nota que nos deixaram, caso não seja muito pretencioso da nossa parte, deixamos-vos 2 perguntas neste:

    http://bandeiranegra1.wordpress.com/2008/12/15/off-the-pigs-ou-da-blank-a-blok-generation/

    Obrigado e desculpem a maçada.

  2. nuno castro diz:

    o que preocupa é o epíteto “patético” a adornar o substantivo “revolução” no texto do JM. Revolução – patética como as anteriores! diz o plumitivo.

    quererá ele dizer que uma outra, revolução e anterior, que lhe permite, porventura, escrever as diarreias costumeiras, terá igualmente sido um patético esforço?

    até nem me admira. porque o piqueno estaria com certeza a escrever num jornal do regime – onde nem sequer fosse possivel imaginar patéticas revoluções…

Os comentários estão fechados.