E pensar que não se lhe pode chamar palhaço…


Ciclicamente, Alberto João acorda e decide que o PSD tem de ser “limpo”. Agora, a alucinação deu-lhe para exigir que se «afastem as personagens dos últimos anos e meses e que faça um ressurgimento do partido: o velho PPD/PSD de Sá Carneiro e de Cavaco Silva». Note-se que esta última referência, por certo fulgurante e vitoriosa, é precisamente o “Sr. Silva” que há uns meses, de acordo com a mesma fonte, devia ser expulso do PSD.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 respostas a E pensar que não se lhe pode chamar palhaço…

  1. teofilo m. diz:

    Porquê? O homem não passa a vida a fazer pantomimas? Não é um pantomimeiro? Não é ele uma personagem cómica? É ele algum exemplo a seguir no que respeita à educação?

  2. Carlos Fernandes diz:

    Não gosto de algumas atitudes mais folcóricas do Dr. AJJardim, agora só alguém muito fanatizado partidário-politicamente e incapaz de ver as coisas com objectividade, é que não concordará que o Dr. AJJardim é, lastimavelmente, o único político de Portugal “com eles no sítio” que não se acobarda perante os mass-media, que são, quem, anti-democraticamete governa este país…

Os comentários estão fechados.