Não deixem o Alberto João mostrar-nos um mamilo!

O tape delay é uma precaução com nobres tradições em diversos países. Então depois do nipplegate, até os grammys levaram com um ligeiro desfasamento, não fosse mais algum mamilo rebelde ofender as assustadiças congregações do prime time. Que a Madeira tenha também isolado o seu parlamento regional num enclave temporal, adiantando-o 5 minutos em relação ao resto do mundo, parece-me normal. Ideal mesmo seria a ilha toda emigrar para lá desse buraco negro, passando para um fuso horário 100 anos no futuro: só daqui a um século teríamos mais notícias do jardim do soba funchalense. Sempre evitávamos tomar conhecimento de coisas como esta do corte da «transmissão do circuito interno televisivo para os gabinetes dos grupos parlamentares da oposição e para a sala de imprensa, agora igualmente privada da emissão em áudio. Às imagens em directo apenas pode aceder-se nas instalações do PSD e dos colaboradores directos do presidente».

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 respostas a Não deixem o Alberto João mostrar-nos um mamilo!

  1. Pingback: Notícias Online » Blog Archive » Não deixem o Alberto João mostrar-nos um mamilo!

  2. bloom diz:

    huumm, da mesma maneira que aquele mamilo todo enfeitado e catita levava água no bico, esta iniciativa madeirense desperta uma certa desconfiança… Alguma “eles” andam a prepara: quiçá visionamento obrigatório e integral das sessões parlamentares nas tardes de Domingo da TVI em vez dos filmes do Steven Seagal. “Eles” são capazes de tudo…

  3. Pingback: madeira » Blog Archive » Não deixem o Alberto João mostrar-nos um mamilo!

Os comentários estão fechados.