Do banco, não recebi nada

E dos senhores que por lá andavam? Ah, isso! Porque é que não perguntaram logo?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 respostas a Do banco, não recebi nada

  1. Engraçado o Público agora reproduzir notícias desse paradigma do jornalismo de qualidade que é o “24 horas”.

    Mas, claro, ainda ninguém está a tentar associar o PR às supostas negociatas.

  2. Nuno Ramos de Almeida diz:

    David Fernandes,
    O mais interessante é a notícia estar também no Diário Económico, com uma pequena diferença, ai tem uma infografia em que se vê que Oliveira e Costa foi o único banqueiro que deu dinheiro a dois candidatos: 15 mil a Cavaco e 2500 a Soares. O 24 horas anda em grande ou será mesmo uma notícia?

  3. teofilo m. diz:

    É o que dá a inflação! 2500 para 15000… o homem é um democrata pagante.

  4. Luis Moreira diz:

    David, aqui os nossos amigos querem-nos convencer que o Cavaco é que é no BPN ! Se o Cavaco candidato não precisasse de dinheiro,onde o teria ganho,seria a pergunta?Bem melhor seria não ter concorrido.A candidatura ganhadora não teria recebido dinheiro de ninguem e era dos nossos!

  5. Carlos Vidal diz:

    O 24 horas anda mesmo em grande, mas o mesmo não se dirá do eixo Cavaco-Soares. Se lhe acrescentarmos outro elemento, um “S”, teremos um triplo eixo. Podemos enviá-lo por fax e tudo, como prova de exame.

Os comentários estão fechados.