Cy Twombly, um gigante da montanha

Está no Guggenheim de Bilbao uma das maiores retrospectivas de Cy Twombly (mais de 100 obras), inaugurada a 28 de Outubro e que se prolongará até 15 de Fevereiro de 2009. Twombly é seguramente um dos mais entusiasmantes artistas (e mais conhecedores das regras de organização e entropia do rectângulo pictórico, prolongando a “sprezzatura”, de que falavam renascentistas, como mais ninguém), um dos mais notáveis, direi, de entre tudo o que apareceu nos EUA depois da geração heróica dos anos 40-50, a geração dos artistas do “sublime is now”, Pollock, de Kooning, Rothko, Reinnhardt, Newman, Hoffman.

A minha admiração pela obra de Twombly é quase ilimitada e, por isso, a ele conto aqui voltar. Perder esta exposição parece-me grave. Lisboa-Madrid-Bilbao é distância pouca.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

44 Responses to Cy Twombly, um gigante da montanha

Os comentários estão fechados.