w.w.war

A administração Bush transformou o mundo.
Se é verdade que a cultura das armas não foi criada neste milénio, Bush representa a institucionalização da insegurança e do medo, a cultura da guerra alicerçada na exacerbação de elementos de defesa.
Esta estética é cada vez mais aceite e difusa; do brinquedo metralhadora, ao muro com arame farpado ou ao automóvel particular.
Recordo um artigo de Swanford Kwinter e Daniela Fabricius, sobre a cidade dos EUA intitulado “American City” onde é referido que 70% do orçamento anual da cidade de Atlanta (Florida) é gasto em vedações e portões.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.