Cinco Dias alargados

O horário é de Inverno, os dias ficam mais curtos, e convidam mais à leitura. Por isso os “Cinco Dias” não encurtam, mas alargam. Novos colaboradores vão entrar no Cinco Dias. Aqui apresento três.

O João Branco é um engenheiro aeroespacial, e é (mais um) gajo do Técnico. Viveu alguns anos na Holanda e gosta muito desse estranho país onde as pessoas se preocupam mais com o que fumam do que com o que comem. É um ciclista e algarvio militante, para quem as desigualdades em Portugal são culpa dos “homens do norte” (classificação que obviamente inclui os lisboetas).

O Paulo Jorge Vieira é um bairradino cidadão do mundo. Geógrafo de formação pela Universidade de Coimbra, é um trabalhador precário representante da “Geração 500 euros”, que nunca sabe como vai ser o seu dia de amanhã. É activista na área dos direitos sexuais – feminista e direitos LGBT -, sócio fundador e actual presidente da direcção da associação “Não Te Prives”. Foi membro da Comissão Excutiva do Fórum Social Portugues e da Comissão Executiva dos “Jovens Pelo Sim”. Casou-se noutro dia em frente à Assembleia da República. A cerimónia até foi transmitida pela televisão, mas não foi válida.

O Rui Curado Silva é físico nuclear/astrofísico. Fez estudos de doutoramento em Estrasburgo e de licenciatura em Coimbra, onde presentemente é investigador. É também um divulgador da astronomia junto do público. É europeísta, ecologista e interessa-se pelo problema do aquecimento global. É autor do excelente blogue Klepsýdra.

O João, o Paulo e o Rui são para mim três queridos amigos, com quem é um prazer partilhar este espaço. Muito bem vindos e boas postagens!

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

10 respostas a Cinco Dias alargados

  1. Luis Rainha diz:

    Bem-vindos. Prometo não dizer às vossas famílias que vos vi por aqui.

  2. Nuno Ramos de Almeida diz:

    Isso parecia tirado do título do Seguélá, ó publicitário malvado. Bem-vindos!

  3. Dinis diz:

    Mais doutorados como o Filipe.E a gramática? O 5dias morreu. rest in peace.

  4. Luis Rainha diz:

    Não podemos antes declarar a morte da gramática?

  5. Bjorn Pal diz:

    Assim de repente e pela descrição dada parece-me que o “João Branco” é demasiado “bigot” (uso esta palavra em inglês à falta de uma equivalente em Português)… não augura nada de bom para este blogue.

  6. Bom, dois antigos estudantes de Coimbra e um antigo andante pela Holanda. Com os pontos em comum que tenho, só posso aguardar com impaciência pelos textos (especialmente do Rui Curado Silva que vou lendo no Klepsýdra).

  7. Model 500 diz:

    “É também um divulgador da astronomia junto do público.”

    Isto promete. Um blogue ecletico, portanto.

  8. Ricardo Santos Pinto diz:

    Ó Dinis, para ti todos têm de ser doutores?
    Olha o exemplo do senhor primeiro-ministro, que não tem qualquer título académico real e, mesmo assim, é primeiro-ministro.

  9. Pingback: cinco dias » Todos querem o euro

Os comentários estão fechados.