Está mesmo quase

Enquanto não chega o nosso novo cartunista residente, aqui fica mais uma linda obra do grande, do péssimo Ted Rall.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 respostas a Está mesmo quase

  1. Impossível não pensar nisso.
    “Com ferro matas, com ferro morres.”

  2. eu quero ser o vosso cartunista residente (posso vir dormir a casa) mas não sei desenhar…mas tenho ideias.

  3. Luis Oliveira diz:

    Essa do cartunista foi bem lebrada.

Os comentários estão fechados.