Foi para isto que se fez a Republíca?

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

13 respostas a Foi para isto que se fez a Republíca?

  1. sergio_alj diz:

    Sim e o que é que tem de mal?
    A mim também já me apresentaram o Galileu e o Newton.

  2. Republíca! Palavra gira, essa!

  3. As Republicas são todas cópias umas das outras, mas raramente mudam de dono. Curioso.

  4. é de publicar outra vez! É como o Coperníco!

  5. Luis Rainha diz:

    Rogério,
    Apostei aqui que tu percebeste que era uma piadita. Ganhei, certo?

  6. E eu lá percebo alguma coisa, Luis? Já me conheces.

  7. Luis Rainha diz:

    Não me desapontes: olha que apostei em ti.

  8. Se tivesse sido só para isso… vá lá! O pior foi:
    1. A perseguição ao VERDADEIRO PS do Azedo Gneco
    2. A guerra imbecil e desnecessária a uma Igreja que já estava mais que domesticada pela Monarquia Constitucional (até havia bispos maçons)
    3. A desastrosa política económica do costismo que atirou – juntamente com a repressão interna, diga-se – um inaudito número recorde de pessoas para a imigração.
    4. A derrota vergonhosa aos pés da Alemanha do Kaiser Guilherme.
    5. Um nunca visto rastejar até à exaustão aos pés da Inglaterra (pagaram pela língua…)
    6. As bombas, os assassinatos, os 48 governos e a dúzia de badamecos presidenciais (leiam as actas do parlamento, são edificantes).
    7. A radical redução dos cadernos eleitorais, para apenas “eles” poderem votar.
    8. 48 anos de regime do 28 de Maio.
    9. A PIDE.
    10. A desastrada política colonial (comparem com a descolonização que a Monarquia fez no Brasil).
    11. O colossal desaire da descolonização “exemplar”, da Guiné a Timor-Leste
    12. A entrada apressada na CEE, com o brilhante actual resultado de liquidação da agricultura, indústria e comércio nacional.
    13. O Costa Gomes, o Sampaio e o sr. Aníbal

    … e podíamos continuar por umas horas.

  9. Rex Noster Liber Est diz:

    A República fez-se para enganar o Povo e deixá-lo entregue a meia dúzia de Lojas Macónicas e aos «Baptistas Bastos» da época.
    A República vai fazer 100 anos e vai festejar. Pergunto-me sempre o que há festejar.
    A Liberdade? Não pode ser! Perdêmo-la na 1. ª República, com: 45 governos; 21 Golpes de Estado; 8 Presidentes da República; Duas Polícias Políticas – a Formiga Branca e a Formiga Preta-; Participámos numa Guerra Mundial que num ano matou mais portugueses do que a Guerra Colonial em 13!
    A Autoridade? Não pode ser! Perdêmo-la na 2. República, à custa de um Ditador que transformou a autoridade em: Autoritarismo; Atraso Económico; Polícia Política (PVDE-PIDE), Guerra, etc., etc.!
    A Dignidade? Não pode ser! Perdêmo-la todos dias na 3.ª República, com uma classe política do pior e um povo amorfo e bisonho!

  10. GL diz:

    “A Dignidade? Não pode ser”

    E perdemos a paciência para este tipo de comentário.

    Imagino um velhote a esbracejar com a bengala.
    Pff.

  11. “Imagino um velhote a esbracejar com a bengala”…

    Ficaria espantado se soubesse que ele é? desses a esbracejar existem aos montes, lá para as bandas da Soeiro Pereira Gomes, pois os náufragos da 1ª república – e os da 2ª a caminho estão -, lá prestam agora contas ao Ser Supremo.

Os comentários estão fechados.