Um (mau) dia na vida de um marialva

É bom que se deixem duas ou três coisas bem claras: o Rodrigo tem-nos no sítio. Mesmo sem fato coleante, dá para perceber que quem enfrenta o bicho com este pundonor é macho com x maiúsculo. E quem não tem problemas em confessar o ligeiro erro de cálculo (afinal o danado do bicho não vinha a voar) também só merece encómios: «tentei ir a uma garraiada pegar uma vaca. A coisa correu mal. Doi-me o braço, a cabeça e, sobretudo, o orgulho». Fica o precioso documento em vídeo desta ocasião histórica.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

11 Responses to Um (mau) dia na vida de um marialva

Os comentários estão fechados.