dia da raça, de camões e das imbecilidades

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

15 Responses to dia da raça, de camões e das imbecilidades

  1. A.Silva diz:

    Com a onda de patrotismo á volta da selecção,bandeiras ás janelas,vivas a Portugal,imagens televisivas repetidas vezes sem conta acerca dos nossos “heróis”,o PR foi na onda.Mas não venham para cá com a história do Estado Novo.não era a isso que ele se queria referir

  2. Aires diz:

    que era expectavel?

    o Home anda preocupado com as iletracias todas dos meninos das escolas actuais,

    não tem tempo de actualizar ele mesmo seus conhecimentos, sua cultura politica…

    aí está ele interrogando-se em suas questões metafisicas,

    como se as nossas questões não fossem concretas e com custos bem gravosos…

    sobre elas, faz considerações genericas

    aplaudidas logo pela nossa deliquência intelectual,

    como se tudo fosse possivel resolver em verso e slogan da demagogia facil…

    enfim…

  3. Comentário de Luís Lavoura
    Data: 9 Junho 2008, 14:53

    É um eufemismo, Fernanda. Tem que compreender. Diz-se “pessoa de côr” para evitar dizer “negro”, tal como se diz “pessoa forte” para evitar dizer “gordo”, ou se diz “turismo sénior” para evitar dizer “turismo para velhos”, etc.

    Parece-me um bocado doentio, da parte da Fernanda, ver nesse eufemismo – que eu também não aprecio – uma forma de racismo. É a modos que uma paranóia, uma mania da perseguição, da parte da Fernanda.

  4. Lavadex diz:

    Ouvi dizer que este blogue era dos mais ridiculos e vim vêr…e não é que acertaram?…bando de hipócritas e meninos sensíveis…tratem-se!

  5. Pingback: Cavaco Silva sublinha o dia da raça « O Insurgente

  6. HV diz:

    Mais uma “brilhante” intervenção do Sr. Silva não haja dúvida. E viva este senhor que tantos proclamam como o melhor primeiro ministro que Portugal já teve. Cambada de mentecaptos que lhe voltou a dar poder….

  7. Lavadex diz:

    Mentecaptos sim e quem acha que as afirmações são graves é mentecapto e meio. Que parvoice total sr. HV. Deve ser muito sensível…

  8. 16 milhões de Euros/ano, dúzias de assessores patetas, 3 ex- na “retraite”, condecorações falsas (assim ficaram depois de 1910) para os amigos. É a república no seu melhor. Bem feito, quem a quer que a pague!

    *Já agora, qual é a raça do Almeida Santos, do Marques Mendes e do alegado “melhor alfaiate do mundo”? Quero saber.

  9. David Carvalho diz:

    Alguém sabe o que se celebrava com o nome “Dia da Raça”? Basta fazer umas pesquisas. Celebrava-se o dia da Nação, celebrava-e um Portugal afirmador e diferente do resto do mundo. Hoje em dia implicam com o PR porque ele fala em raça. Que tem essa expressão a ver com racismo?
    O que se passa hoje em dia é que as pessoas não têm orgulho em Portugal, as quando se fala no seu clube de futebol já dizem “somos adeptos com raça!!”.
    O que se celebra então a 10 de Junho? Simplesmente um feriado?? Ou celebra-se uma Nação diferente, uma Nação forte (nem que seja passado) e uma Nação com história… uma Nação com raça??

  10. De outro perigoso racista:

    «A todos os pescadores bacalhoeiros portugueses, que têm o riso claro e feroz, que sempre ocultam nos olhos um aceno da morte, que todos os dias, naturalmente, fazem milagres de força, que, se a pesca adrega de ser boa, cantam e bailam sozinhos, como os meninos e os loucos… que são tipos perfeitos da raça.»

    Bernardo Santareno

    .

  11. Laurens diz:

    Será que ele ainda guarda a farda? Sei lá, com aquela marquise pirosa em aluminio para quem tem tantas reformas. Que fará ele ao dinheiro? Até está no palácio de Belém só para poupar. Deve deixar tudo aos netinhos, à boa maneira do estado novo.

  12. Laurens:
    “sei lá, com aquela marquise pirosa em aluminio ”

    Tem razão. Parece que o homem não gosta de kaviar.

    .

  13. Laurens diz:

    Range-o-Dente
    Sabe lá ele o que isso é. Estou a imagina-lo a cuspir-se todo.
    Lembra-se dele a comer aquela bola-de-Berlim. Pois… pois, nada pior que ser tosco.

  14. “Sabe lá ele o que isso é. Estou a imagina-lo a cuspir-se todo.”

    Mas você sabe o que é. Eu bem me parecia.

    “Pois… pois, nada pior que ser tosco.”

    Não? E pensar-se que não se é tosco?

    .

  15. angola EU diz:

    Meu lindos, acabei agora de ler Mandela Meu prisioneiro, meu amigo…LE-DE!…amigos t~em que ler esse livro.Um nascer de conciencia…Racismo é racismo e o resto é conversa.Nao se deixem misturar entre o escritor e o cidadao ou o “exilado” como voces portugueses dizem…dia da raça= é dia da raça—–> como o proprio nome diz—>RAçA!…que dia? que Camoes nao foi para merda nenhuma a ser solidario? que foi como um aventuireiro qualquer e pronto?que depois nao lhe tiramos os meritos e tal maas pronto?…porra.Raça é raçá…e se os portugueses fazem disso alarde…dia da raça será comungar camoes e será comungar salazar e será comungar…racismo.Deixem o camoes nos descobrimentos.A raça vem depois….uma barça!

Os comentários estão fechados.