Não se admirem se amanhã começar a chover gasolina


Os condutores yankees andam desesperados com o custo da gasolina. Tendo em vista que não há forma de Bush mandar invadir a Venezuela, os mais crédulos viram-se para as rezas e outras macumbas: numa estação de serviço perto de S. Francisco, foi organizada uma sessão de orações para pedir ao Altíssimo uma baixa de preços. “Deus, livra-nos destes preços de gasolina elevados”, foi o pungente apelo que se fez ouvir, entre os roncos esfomeados dos típicos gas guzzlers americanos.
Note-se que o precioso líquido anda a ser vendido nos states a cerca de 70 cêntimos o litro. Menos de metade do que hoje o condutor português esportula.
Se estes pedinchas supersticiosos por cá vivessem, já tínhamos exorcistas a aspergir as bombas da Galp com água benta e insultos em Latim.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

10 Responses to Não se admirem se amanhã começar a chover gasolina

  1. Pingback: cinco dias » Marta e as bombas

Os comentários estão fechados.