Escola de Palhaços

Um célebre jornalista norte-americano durante a desastrosa presidência de Gerald Ford afirmou que o cargo estava ameaçado de extinção pelo riso. O homem caía em todo o sítio, confundia o presidente da Coreia do Sul com o do Norte e constava que não conseguia mascar pastilha elástica e andar ao mesmo tempo.

No nosso país, o PSD está à beira de conseguir o feito de se extinguir devido a trepidação das gargalhadas. As declarações do porta-voz para a comunicação social laranja, um tal de Branquinho, e de Rui Gomes da Silva sobre a jornalista Fernanda Câncio (a nossa, a do 5 dias) são cómicas, não fossem graves. Insinuam estes senhores que a Fernanda não tem experiência profissional na televisão e não tem competência para fazer reportagens para a RTP 2. Querem fazer-nos crer que estamos perante uma imposição política e declaram ir pedir explicações no parlamento.

Eu que trabalhei com a Fernanda Câncio num programa de grande reportagem na SIC, propriedade do militante número 1 do PSD, gostava de lhes dizer por que raio é que desperdiçam o dinheiro dos contribuintes com demandas cretinas? Como se nota pelas palavras alarves destes senhores, a Fernanda tem muito mais competência num dedo do que estes senhores na sede toda. Depois deste maravilhoso congresso do PSD Madeira , dou como certa a teoria da conspiração que Rui Gomes da Silva e os seus pares são agentes infiltrados do governo Sócrates, no PSD, para darem cabo do maior partido da oposição.

Está na altura de nos unirmos para salvar um grande motivo de alegria e riso de muitos portugueses: o PSD de São Caetano à beira da extinção. Salvem o PSD.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

20 respostas a Escola de Palhaços

  1. teresa diz:

    Agentes infiltrados? Não deve ser preciso que o PSD está a implodir… Também postei sobre esta notícia, que acho divertidíssima… http://cabradeservico.blogspot.com/

  2. jaime roriz diz:

    Se as pessoas que não têm experiência de televisão não puderem fazer televisão nunca mais entrarão pessoas novas. Ainda que fosse essa a questão com a FC. O que me assusta, no entanto, é que a ser assim vão fechar os 4 canais portugueses, porque o a qualidade de 99 % dos apresentadores é de fazer vomitar um suíno. O PSD está preocupado com a qualidade da TV (RTP2) ??? Xiça penico chapéu de coco, mas aquilo é tudo tão horrível !! Se a FC fizesse um péssimo trabalho não faria mais nem menos do que eles todos vêm fazendo há quarenta anos.

  3. Antecipaste-te, e bem, Nuno, ia postar sobre estas mesquinhas mentiras – a RTP não contratualizou a jornalista Fernanda Câncio, a jornalista Fernanda Câncio não vai apresentar qualquer programa na RTP2 e a jornalistas Fernanda Câncio tem experiência televisiva – trabalhou na SIC, entre 1996 e 2002, como editora e repórter do programa “Esta Semana”, como é do conhecimento público. Aliás, não tenho a certeza, mas não sei mesmo se o actual líder parlamentar do Branquinho, na sua qualidade de comentador, não terá sido contemporâneo da Fernanda na dita estação.

    Triste gente esta. Tem razão o Pedro Marques Lopes, é de pulha cobarde.

  4. cfa diz:

    Um programa sobre bairros parece-me muito boa ideia. Se precisares de informações sobre os Anjos dispõe, Fernanda.

  5. alexandra tavares teles diz:

    ora aqui está uma boa notícia ( e sobre TVs não há muitas) – A Fernanda Câncio num programa sobre bairros problemáticos.

  6. filinto diz:

    Pulha cobarde é o termo. Porque o que diz (vi na Lusa) é grave, mas o que deixa entender é nojento.

  7. portuga diz:

    E,não se pode prender esta gentalha?Não,por isto,mas pela corrupção,nojice,trapaças,amanhanços,etc.É que nunca vi um cabrão destes dentro apesar dos demandos feitos…

  8. Paula Telo Alves diz:

    Com gente desta no PSD, o partido devia começar a pensar em recrutar gente de fora para o lugar do Branquinho: “contratualizar” o cargo de porta-voz para a comunicação social “com alguém que não tem experiência” nem coragem para fazer comunicação limpa é dar tiros no pé, e os custos da “contratualização externa” estariam certamente justificados.
    Mas os cães ladram e a série passa… Ansiosa por ver as reportagens televisivas da Fernanda Câncio, que aposto vão ser excelentes, como aliás tudo o que ela faz. Isto sim, é serviço público de televisão!

    P.S. Muito bom também o comentário do Daniel Oliveira no Arrastão: “nem Fernanda Câncio precisa de cunhas para ser jornalista, nem o PSD devia precisar deste truque manhoso para fazer oposição”.
    http://arrastao.org/jornalismo/truque-manhoso/#comments

  9. The Studio diz:

    A Fernanda Câncio é uma excelente jornalista, com provas dadas no mundo do jornalismo. Jogo sujo do PSD, como muito bem denunciou o Daniel Oliveira.

  10. xatoo diz:

    inaugurando um desejo de “posts pedidos” , como os discos na rádio antigamente, lembram-se? – então quando é que o Rainha glosa o tema dos êxitos editoriais da revista Atlântico?

  11. maloud diz:

    As declarações do sr.Branquinho é que são pornográficas.

  12. O deputado Branquinho é useiro e vezeiro neste tipo de insinuações e ataques soezes à RTP e a quem lá trabalha. Já ano passado, por esta altura, tive oportunidade de comentar outro dos seus ataques descabelados à RTP. Será que o homem se dá mal com a Primavera?
    O deputado Branquinho é HIPÓCRITA. Para pôr em causa Fernanda Câncio, vem defender a dignidade dos trabalhadores da RTP, escamoteando o facto de os ter acusado de estarem a fazer fretes ao Governo.
    O deputado Barnquinho sofre do complexo de Narciso. Vê-se demasiado ao espelho e por isso analisa a conduta dos outros à luz dos seus próprios comportamentos.
    O deputado Branquinho é uma inutilidade a quem eu tenho que pagar parte do vencimento com os meus impostos.
    O deputado Branquinho é uma nódoa reluzente no emporcalhado laranjal do PSD.
    O Branquinho mete-me nojo e faz-me azia. Por isso só bebo tintol.
    No meio de tudo isto, os meus parabéns à Fernanda Câncio, a quem presto homenagem de lá do meu Rochedo.
    Para o deputado Branquinho também lá deixo uma mensagem. De asco…

  13. JJ diz:

    A ser verdade o que dizem alguns jornalecos da coscuvilhice, o que é grave é a namorada de um político da oposição andar a passear com o querido em vez de estar lá no seu posto de trabalho…
    E a papelada para baixo e para cima para despacho, em excesso de velocidade, porque o dito não tem o dom da ubiquidade…

    Sendo óbvio que neste folclore jagunço o objectivo não é atingir Fernanda Câncio… que não anda por aí a mostrar-se com o querido e, que se conste, comparece todos os dias no seu local de trabalho.

    Estes episódios são a evidência mais porca da porca da política.

  14. Tangas diz:

    a mim surpreende-me que jornalistas e público não se dêem conta de que o que com essas declarações se demonstra é o quanto políticos e figuras de ‘algum’ poder acreditam que a censura está de volta e que de facto podem servir-se dela para parar figuras críticas.
    a fernanda câncio deve ser realmente uma figura a abater, porque não são novos estes ataques. e como ela, qualquer outra pessoa que faça alguma crítica e tenha protagonismo suficiente para ser ouvida.
    então as televisões públicas portuguesas não têm liberdade para decidir sobre quem contratam ou sobre a sua programação. é tão disparatado que surpreende a cobertura que teve da parte dos média…

  15. MFerrer diz:

    O pânico do ppd-psd está na sua matriz: tem medo do seu próprio passado!
    É que nas suas duas últimas aparições no governo da nação apenas tratou de preparar o terreno quer para as imensas negociatas, quer para a privatização de todos os sectores de onde possa tirar dividendos ( mesmo !), ou para garantir umas coutadas de caça ao voto, do tipo madeirense…
    Agora que as contas públicas estão quase em ordem, a Segurança Social está mais garantida e há orçamento bastante para a Escola Pública, aí estão os temas da actualidade e os alvos preferenciais a atacar. E a ladainha dos benefícios para todos que viriam dos lucros de alguns, não param de nos surpreender: Não é à toa que a Escola Pública é atacada e, os colégios privados – onde se escolhem alunos e professores e onde se excluem todas as minorias – são-nos apresentados como exemplos a seguir.
    E agora, o ppd-psd acaba de encalhar no escolho da Madeira! Com estrondo ! O rombo naquele casco podre é grande e, dizem os especialistas da navegação à vista, não volta a flutuar…

  16. M. Abrantes diz:

    Confundir o Rui Gomes da Silva com o PSD é uma má abordagem do problema. O peso específico deste político no eleitorado do PSD é igual a zero.

  17. Lololinhazinha diz:

    Já percebi tudo.
    Desde que vi o Menezes, naquela entrevista feita pela SIC, a olhar para a televisão enquando a jornalista falava para ele comecei a desconfiar.
    Na realidade o PSD já não quer sabe do país e dos seus problemas para nada. Agora estão interessados é em ver televisão. A questão Fernanda Câncio é só o início. Para a semana vão querer escolher o final da telenovela.

  18. Oh!

    Venha “mazé” de lá o programa ou a série, parece interessante.

    Como diz o outro: “much ado about nothing”

  19. francisco ribeiro diz:

    A DIREITA NOS DIAS DE HOJE:

    O PPd que me habituaram a respeitar, foi aquele que no seu seio havia um conjunto de indivíduos com qualidade, ética e moral, em que o respeito pelo adversário era tido em conta;

    Hoje este PPd , mais parece uma organização clandestina, que utiliza como arma de arremesso a insinuação vil, fasciszante, que procura atingir honorabilidade das pessoas e coloca-las na lama;

    Utiliza para esse fim certos, meios empresariais e comunicação social , muitos peões de brega, que o soldo de uns tostões se vendem ao diabo;

    Este partido foi nitidamente assaltado por pessoal menor, sem qualidade, intelectual e política e, em muitos dos casos até pessoal;

    A insídia , o boato , argumentação malévola, a rasteira com tiques de inquisidores do reino, representa nos dias de hoje o que esta camarilha tem para nos oferecer;

    brankinhos; silvas, santanas ,ribaus, jardins, guilhermes, ruas, botas, meseses, pretos, zitas, negrões, velosas, loureiros, mansos e muitos mais, são estes os actuais responsáveis pela nítida e acentuada perda de qualidade, a todos os níveis, que o partido hoje tem;

    É confrangedor assistir a qualquer debate onde esteja presente qualquer responsável desta organização, pela má prestação e falta de conhecimentos das matérias em discussão;

    As lutas internas fratricidas, que são do conhecimento publico, em que todos os dias se perfilam novos candidatos, a deslealdade é uma constante, é a mostra clara que esta turba tribal troca-tintas não é de CONFIAR;

    Com esta criaturas MEDIOCRES para onde vai o meu PAÍS?…. Se os deixarmos ,claro, por mim não.

    f.ribeiro

Os comentários estão fechados.