o rui marques bem sabe que no meio está a virtude. e a esperança de portugal.

mov-rui-marques.jpg

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 respostas a o rui marques bem sabe que no meio está a virtude. e a esperança de portugal.

  1. ruibarbo diz:

    esta está genial. viva ó Brásil, viva ó Pórtugal…

  2. ruibarbo diz:

    e eu diria mesmo mais: o MEP quer ser um CDS-PP, mas ao centro. A democracia cristã puxada para o espaço de combate entre o socialismo (de gaveta, como alguém aqui assinalou) e o neoliberalismo do PSD. Ou seja, qualquer coisa bem à Italiana.
    Ora “a sociedade de famílias” tresanda a sacristia. E de sociedade de famílias, sabe bem o RM, dado que tinha a mulher a trabalhar com ele no accidi…como directora do mesmo. Por conseguinte, confio neste homem para nos liderar numa verdadeira política de família.
    Depois há toda a conversa do “uns contra outros” que é estranhíssima num partido que quer ocupar o “centro do centro”. Porquê? Porque por definição, o centro do centro é o eleitorado flutuante pelo qual os principais partidos num sistema binário (no qual nos encontramos) lutam. O centro do centro é necessariamente o espaço do combate. Como é que equaciona isto com as “pontes” e o regime de bonomia que o MEP pretende ver instalado entre os portugueses?
    Finalmente, este eleitorado flutuante é o que dá, e tira, as maiorias absolutas. Há quem diga que é um eleitorado exigente. Bétise. É o eleitorado mais volúvel, que mais se deixa influenciar pelas tendências personalistas da política actual. Vé caras, não vê corações.
    Donde, e termino, é um partido que pretende resgatar a maioria absoluta ao partido do governo. Será essa a intenção dos sectores católicos nada progressistas da direita portuguesa?

  3. Model 500 diz:

    Quem é que serviu de modelo? Foi a FC?

  4. É talvez bom que eles se entretenham lá pelo centrão.

  5. maria rita inez malheiroi diz:

    Isto é Portugal no seu melhor.

    A categoria do Dr. Rui Marques não será abalada minimamente por estes comentários vindos de pessoas que se escodem nos blogs e que se incomodam que haja pessoas que fazem da vida um serviço aos outros. Um psicólogo talvez resolva essa infelicidade subjacente….

    Coragem Dr. Rui Marques que Portugal precisa muito de si.

Os comentários estão fechados.