a ciência política segundo os monty python e o mário crespo

quem já viu a vida de brian compreende por que é que figuras como aguiar branco ou o misto avatar do second life/mito urbano antónio borges têm imenso tempo de antena. afinal, há sempre gente disposta a promover a facção da sandália. ou pior.

este post é partilhado com o pardieiro irmaolucia

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

Uma resposta a a ciência política segundo os monty python e o mário crespo

Os comentários estão fechados.