Sorrisos tristes das não-Giocondas

gless.gif

Ontem, não se falava noutra coisa: o Ponto G passou de mito urbano esperançoso a realidade científica. O pior é que este Sol não nasceu para todas: umas têm e as outras… não. Cara leitora: se a Natureza não foi pródiga consigo, não desanime. Além deste pequeno amigo, tem, para a consolar, a companhia de muitas e ilustres senhoras que, estou capaz de apostar, também não foram dotadas da tal gozosa bênção. Mas souberam ultrapassar a contrariedade com pundonor, sublimando os impulsos mais básicos para fins elevados e altruístas. Só apresento aqui parte das respectivas fisionomias para não acrescentar a chacota pública à íntima desgraça. Mas basta vislumbrar tais sorrisos para ter a certeza de que a vida nunca lhes correu lá muito bem.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

11 respostas a Sorrisos tristes das não-Giocondas

  1. Maria João Pires diz:

    Não sei se te dás conta que me fizeste passar um montão de tempo a olhar para as bocas tentando identificar a quem pertencem. Como ainda não cheguei a conclusão nenhuma a coisa está para durar.

  2. Luis Rainha diz:

    Mas cada uma tem dona. Depois mando um mail interno…

  3. Maria João Pires diz:

    Pois, por imaginar q cada um tem dona é que estou para aqui, teimosamente, a tentar descobri-las.

    (I’ll be waiting)

  4. me diz:

    1.ª: Ana Gomes;
    2.ª: Isabel Pires de Lima;
    As outras não sei, sendo que a 4.ª está imperceptível.

  5. 5ª: Clara Ferreira Alves?

  6. De certezinha que o 4º sorriso é XX, Luís? Parece-me vislumbrar ali, à esquerda de quem olha, um eritema da barba a preto e branco.

  7. Luis Rainha diz:

    A CFA! Como é que me fui esquecer dela??

  8. E a solução? Que nervos.

  9. Maria João Pires diz:

    ó criatura, para que tens olhinhos na cara? check your mail

  10. Não encontro. Raios, queres ver que os “hackers de extrema-esquerda” se me entraram no mail!?

  11. upsss, queria dizer 3º e não 4º, no comentário de ontem, o 3º é que me pareceu um sorriso XY.

Os comentários estão fechados.