“A nova vida de Paulo Teixeira Pinto”

Tivera eu tempo e esta não me escapava; como não tenho, aqui a deixo em bruto, à mercê da vossa sanha, que adivinho animal: queridos leitores, entretenham-se com a entrevista mais pirosa do ano, feita pelo director do “Diário Económico” a Paulo Teixeira Pinto e publicada na edição de hoje do cor-de-salmão, e dêem graças a Deus e a S. Escrivá pela graça de termos entre nós este amigo do povo e da pátria – que vai dedicar os próximos tempos, revela o DE, a meditar nos “desafios que Portugal enfrenta”. Oh, como os grandes são gentis!

A substância, o estilo, tudo se confunde e se eleva para fazer desta entrevista um dos pináculos jornalísticos do ano: e para vos aguçar o apetite, aqui vai a abertura, digna de um clássico: “Paulo Teixeira Pinto atendeu o telefone ao cair da tarde de ontem e disse o óbvio: ‘É cedo para falar’. Mas confirmou que amanhã mesmo embarcará num avião com destino a Belo Horizonte, no Brasil, para aceitar um convite que o ligará a uma família bem conhecida dos portugueses: os Champalimaud.” Superior.

Sobre António Figueira

SEXTA | António Figueira
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

8 Responses to “A nova vida de Paulo Teixeira Pinto”

Os comentários estão fechados.