É que nunca mais acaba!

Tremei, oh cultores de Adam Smith & da moral cristã e ocidental, blasfemos, insurgentes e outros que tais, não mais ousareis invocar o seu santo nome quando souberdes o que do vosso homem apurou Pedro Arroja! O mundo ensandeceu! Já não bastava o Miranda e a sua monomania sexual, temos agora o Arroja, sumo investigador histórico, a descobrir um lobby gay em pleno século XVIII! A silly season não tem fim!

Sobre António Figueira

SEXTA | António Figueira
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

8 respostas a É que nunca mais acaba!

  1. Sérgio diz:

    E pensava eu que daqueles lados nada mais viria que surpreendesse até à gargalhada… É inacreditável!

    Cumprimentos.

  2. Só espero que o Marx e o Engels não tenham andado em pescarias do tipo brokeback mountain, senão é que isto fica tudo estragado. Mas ainda há esperança, nem tudo o que é modificado e antoi-natural, desvio ou perversão da “ordem natural das coisas” anda debaixo de fogo para esses lados. Abaixo os transgenders , mas que vivam os trangénicos.

  3. Ana Matos Pires diz:

    O António é que não percebe, diz que o homem é um génio.

  4. Ezequiel diz:

    Bem vistas as coisas o lobby gay deve ter começado algures no período do homopitecus erectus ou no do homo habilis (trad: malta habilidosa) Foi uma pena o Sr. Arroja não nos ter informado acerca das fantasias sexuais do David Hume e do Adam Smith. Smith, já sabemos, sonhava com uma mão invisível.

  5. Pergunto eu: já alguém viu o Pedro Arroja e o César das Neves no mesmo sítio ao mesmo tempo?
    É que, embarcando em exercícios teóricos “arrojados” somos compelidos a considerar a hipótese se serem uma única e a mesma pessoa.

  6. bossito diz:

    Quer isto dizer que Pedro Arroja tem um gaydar? Hmmm….

    Se quiser juntar-se ao lobby agora é fácil: http://lobbygay.biwoo.com/register.php 😉

  7. Ana Matos Pires diz:

    bossito, não sei se tem mas, calhando, gostava de ter.

  8. Igor diz:

    Deve haver alguma explicação psicanalítica para esta fixação na homossexualidade da parte da blogosfera de Direita. Também pode ser que seja só para conseguirem muitas visitas, sendo portanto uma estratégia de marketing interessante – o sexo vende sempre. Não sei se é lá muito católica, mas resulta.

Os comentários estão fechados.