Argumento de compra

À saída de Lisboa (ou à entrada, depende), para quem vai pela ponte nova: “Gudi, o genuíno patê português”. Assim mesmo.

Sobre António Figueira

SEXTA | António Figueira
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 respostas a Argumento de compra

  1. Fernanda Câncio diz:

    eheheheh. patê genuinamente de quê, já agora?

  2. s diz:

    e depois espanta ver a malta da ganga desfraldada dos anos 70 a passear suspensórios pelas avenidas…?… Ah patê…

Os comentários estão fechados.