Filipe Moura: Os dois erros da TAP

Foram dois os erros da TAP neste processo da viagem de regresso de Amesterdão do FC Porto.
Não me refiro ao atraso do avião, que sucede em todas as companhias, numas mais do que noutras. A necessidade de desvio por a tripulação e o aparelho serem necessários com urgência em Lisboa para outros voos também é compreensível: estamos em época alta, há mais voos e todas as companhias operam no limite dos recursos disponíveis.
O que não é compreensível e nem aceitável é a mudança de destino não ter sido comunicada aos passageiros no embarque, ainda em Amesterdão. Quem vai num voo para o Porto e, meia hora antes de aterrar (já com duas horas de atraso) lhe dizem que afinal aterra em Lisboa, sente-se raptado. Sente que o voo foi desviado. A indignação é compreensível: trata-se de desrespeito pelos passageiros.
O facto de a mudança de destino só ter sido comunicada tão tarde pode querer dizer que foi uma decisão de última hora. E talvez isso justifique a sua precipitação. É que foi mesmo uma muito má decisão decidir desviar um voo em que seguia o FC Porto. Tal como seria se fosse o Sporting ou o Benfica, mas ainda mais o FC Porto que é um clube que se sabe dar ao respeito. Mais valia (do ponto de vista da imagem da TAP) deixar que os voos dependentes do avião e da tripulação, creio que para Paris e Londres, se atrasassem ainda mais. Prejudicaria mais gente, é certo, mas seriam “mais dois” voos da TAP que atrasam. Teriam certamente menos repercussão mediática que desviar o voo do FC Porto. Aqui certamente estou a ser maquiavélico, mas do ponto de vista da TAP o primeiro grande erro foi ter desviado o voo onde seguia uma equipa de futebol “grande”.
O segundo grande erro foi o lamentável pedido de desculpas, que implicitamente desautoriza a tripulação do segundo voo. Se houve incidentes a bordo abre-se um inquérito e averigua-se as responsabilidades; eventualmente pede-se desculpa depois. Mas o pior foi esse pedido de desculpas ter sido dirigido… ao FC Porto, que anunciou não mais voar com esta companhia (e que causou o escândalo). Nem uma palavra em relação aos restantes passageiros, que foram tão ou mais transtornados que a equipa. Afinal, para a TAP sempre há passageiros mais importantes que outros. Se é verdade, tal como escrevi mais valia terem-se recordado disso na altura de desviar o voo.
Receio bem que todo este incidente venha a afectar seriamente a imagem da TAP, cuja principal preocupação, a partir de agora, deveria ser a reputação de não respeitar os passageiros com que pode ter ficado. É uma pena, pois apesar deste lamentável incidente a TAP merece ter uma boa imagem.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

16 respostas a Filipe Moura: Os dois erros da TAP

  1. Nuno diz:

    Efectivamente é uma pena todo este alarido. Eu já demorei 5 horas de Genebra a Barcelona e por fim aterrei em Girona, que fica a 1h30 de carro do destino (a sorte é que há mais aeroportos em Espanha) e a companhia era a Swiss (herdeira de uma outra defunta). Coisas que me acontecem amiude, pois viajo quase todas as semanas de avião. Curiosamente, de todas as companhias com quem já voei e são mais do que as miudas que beijei em toda a minha vida, que não foram poucas, algumas ditas de bandeira, a Tap juntamente com a Thai, a KLM e a China airlines, está entre as minhas preferidas, principalmente nos voos curtos dentro da Europa.

    É o sindrome do Verão, como não há incêndios nem defice, há que falar de qualquer coisa. Já agora, gostava muito de saber o que é que aquele dirigente do FCP disse ao comandante, para ser expulso do avião. É que eu já assisti a cenas lamentáveis dentro do avião, mas nunca vi ninguém ser expulso. Só por curiosidade.

  2. Lino José diz:

    Desculpe lá, mas essa de o fcp ser um clube “que se sabe dar ao respeito” é a brincar, não é ?

    Ou você não esqueceu-se do Guarda Abel, dos jagunços contratados, do incitamento ao ódio regionalista, das férias pagas a árbitros no Brasil, dos “quinhentinhos”, das prostitutas, do conluio caciquista, etc, etc…

    Ou será que deveremos todos de prestar vassalagem a essa entidade, por, sei lá, ser do norte, ou poder exercer coacção física, como era de sua praxe ?

    Não só não concordo consigo como não tenho qualquer tipo de respeito por essa gente.

  3. joséjosé diz:

    Actualmente não gosto lá muito de futebol… Sou “dum” Sul.
    Tenho filhos para educar, e gostava muito de saber em que escola o Sr. Lino José foi educado …

  4. antonior diz:

    O que é grave é a subserviencia da Tap quando se trata do FC Porto e a sua total insensibilidade quando se trata de milhares e milhares de “anonimos” passageiros que há anos sofrem com a Tap. O mesmo se aplica a quem escreveu este post, obviamente, que apesar de dizer o contrario foi isso que fez.
    Alias o respeito a que o FC Porto se sabe dar ficou bem patente no fisico do deputado Ricardo Bexiga, e não faltam bloggers, doutos comentadores e funcionários judiciais que secreta e intimamente desejem que o FC Porto recupere o respeito junto de árbitros e meretrizes que durante anos e anos granjeou.

  5. carmo da rosa diz:

    Comentário de Nuno
    Data: 9 Agosto 2007, 16:52

    ‘mais do que as miudas que beijei em toda a minha vida, que não foram poucas’

    Talvez uma ideia para a TAP, para aliviar o mal-estar provocado pelos longos atrasos. Pôr as hospedeiras, juntamente com as miúdas do Nuno, a beijar os passageiros…

    Comentário de Lino José
    Data: 9 Agosto 2007, 17:03

    ‘Não só não concordo consigo como não tenho qualquer tipo de respeito por essa gente.’

    Uma frase deste tipo proferida, naturalmente em servo-croata, por Radovan Karadzic, deu início à guerra civil na Bósnia-Herzegovina…

    Comentário de joséjosé
    Data: 9 Agosto 2007, 18:26

    ‘Actualmente não gosto lá muito de futebol’

    Quem não gosta de futebol, não gosta de Deus…

  6. AIRNESS diz:

    “É uma pena, pois apesar deste lamentável incidente a TAP merece ter uma boa imagem.”

    Pois eu acho que a TAP merece uma imagem pior!! É das piores companhias a operar a rota Londres-Lx, não há uma única vez, UMA, que os voos partam a horas!!!!!

  7. Mas a TAP efectivamente não respeita os seus passageiros. Só tenho pena que, até agora, não tenha sido considerado importante que milhares de cidadãos sejam impunemente desrespeitados.
    Já que a TAP tem o proveito, já agora que assuma a fama. E, já agora, que deixemos de considerar normal que existam cidadãos/contribuintes de segunda.

  8. p.porto@gmail.com diz:

    ao
    Comentário de carmo da rosa
    Data: 9 Agosto 2007, 19:29

    E depois disto: ‘Gulty as charged. Case closed’.

  9. joséjosé diz:

    “Á Carmo Rosa”
    Sabe ,gosto do seu nome, até pq foi na Rosa que cresci e foi no Carmo que me libertaram…
    Quanto ao”Quem ñ gosta de futebol não gosta…”
    Tem razão. Não vou lá muito com farsas…

  10. Muito bom artigo. A falta de educação é um mal geral em Portugal, não serve de desculpa para se tratar mal ninguém, seja a equipe do Porto, seja um humilde e pacato Cidadão de Valejas, ou de Cabra Figa…

    A TAP errou, como todos nós, por vezes. Ficar-lhe-ia bem, nestas circunstâncias, saber pedir desculpas com dignidade e decência, já que representa Portugal, não é propriamente uma banca de feira, e sobretudo mostrar que fará os possíveis para que situações como esta não se repitam.

    Mas também é escusada toda a “peixeirada” do costume, sobretudo por parte de quem não tem autoridade moral para falar sobre nada, fora da “Pérola do Atlântico”…

  11. dinis diz:

    E a TAP na Madeira?É um total desrespeito que devemos endereçar às suas elites clarividentes que a ‘administram’…É só merda,e ainda por cima têm ordenados das Arábias.Enfim,é uma democracia liberal..

  12. dinis diz:

    O meu comentário não ‘pegou’.

  13. Duarte diz:

    Infelizmente como frequentador assíduo da TAP, constato que este tipo de situações é frequente. É uma péssima transportadora aérea, das piores com que tenho voado, atrasando-se sistematicamente e sem qualquer respeito pelos clientes. Só tenho pena de duas coisas: que a portugália tenha sido comprada pela tap e que algumas pessoas que deixaram aqui comentários demonstrem o porquê de Portugal ser um país tão atrasado…

  14. Lino José diz:

    Carmo da Rosa

    está a sugerir que a minha frase poderia levar a uma espécie de guerra norte-sul, com separação de ambas as regiões ?

    A Checoslováquia separou-se em duas e ninguém morreu.

    Que eu não tenho respeito por aquela gente, não tenho.

  15. Duarte diz:

    Ó Lino José tome lá um Kompensan, a ver se essa azia toda passa. Ou se não for azia é a mais pura das ignorâncias. É que somente um ignorante faz comentários desses. Começo a desconfiar que o nome Lino não trás nada de bom, primeiro foi o ministro agora este…

  16. Zé Pardal diz:

    O erro crasso da Tap, foi ter transportado a equipa do fcp.

Os comentários estão fechados.