Ana Matos Pires: Isto é a gente a pensar…

Estava a ler o Público de domingo e eis que, na página oito, esbarro com a seguinte declaração, atribuída a Correia de Campos “A vacina do papiloma vírus dada só as raparigas que façam 11 anos este ano custa 25 milhões de euros.” De imediato tentei descobrir se o governo teria feito algum movimento no sentido de comparticipar a vacina do HPV para esta faixa etária. Não consegui encontrar nada. Se alguém me puder elucidar fico desde já agradecida.

Caso a minha suposição tenha algum fundamento, quanto custará vacinar as meninas madeirenses de 11 anos, pensei (relembro que os custos de aplicação da lei do aborto naquela região autónoma são, felizmente, estimáveis e apontam para valores entre 220 e 280 mil euros). Com o precioso auxílio da Shyznogud, que já levantou esta questão há mais de uma semana, e sem “cientismos”, fiz um pequeno exercício que partilho convosco. No último Censo a Madeira correspondia a 2,31% da população portuguesa. Se considerarmos que a mesma relação existe para as meninas de 11 anos (e é capaz de pecar por defeito porque a Madeira tem uma mais alta taxa de natalidade) isso faria com que a implementação da vacinação correspondesse a cerca de 580 mil euros, ou seja, mais do dobro do que o custo estimado do aborto…

Ps: Um destes dias, se os estimados donos do Cinco Dias me permitirem, hei-de voltar ao “cientismo” e à “psiquiatrização”…

Sobre António Figueira

SEXTA | António Figueira
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

17 Responses to Ana Matos Pires: Isto é a gente a pensar…

Os comentários estão fechados.