Mensagem fixe: dj irmaolucia strikes again

festa da liquidação total | 28 julho | 23h00 | espaço ILGA

favor comparecer. a música é [quase] sempre boa. e eu, parecendo que não, sou um tipo impecável. e com bebidas a preço de saldo? nunca vi melhor argumento contra a homofobia. não há festas de bloggers de esquerda? esta é uma espécie de sucedâneo, como o sucedâneo de chocolate que se vendia perto do cais das colunas, espanhol, com amêndoas e sabor a sabão clarim. aparecer. já. vivam os eighties, o sergey bubka, o tal canal e as décadas subsequentes. pela mesa de mistura há-de passar disso. e muito mais.

beijos e abraços deste vosso servo, que não croata.

Irmão Lúcia 

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 respostas a Mensagem fixe: dj irmaolucia strikes again

  1. Fernanda Câncio diz:

    luciano, estamos a falar do bubka do salto à vara?

  2. Ana Matos Pires diz:

    Tou-te com um pó, manú lucía, nem te passa, pá. É qué mêmo de prepósitus, de certezinha. Inda pra mais nesse antro de gaj@s… como é que diz a amiga do JPP?… de gostos exóticos!

    Ps: tu sabes que eu sei que tu sabes do que falo eheh

    Boa Festa! Himalaias de divertimento! Libertad o muerte!

  3. claro, um homem-parábola da própria cccp – por ali acima, rumo aos seis metros e picos que amanhã cantarão mas com queda inevitável no colchão. às vezes rijo. ao lado do limhal e da nina hagen é um dos ícones de oitenta.

  4. Ana Matos Pires diz:

    Tou-te com um pó, manú lucía, nem te passa, pá. É qué mêmo de prepósitus, de certezinha. Inda pra mais nesse antro de gaj@s… como que diz a amiga do JPP?… de gostos exóticos!

    (eu sei que tu sabes que eu sei do que estou a falar eheh)

    Boa festa! Himalaias de divertimento! Libertad o muerte!

  5. Fernanda Câncio diz:

    ana, nã sêjas má pró lúcio.

    lúcio, tou tão comovida. eu adolescentezinha adicta dos jogos olímpicos e dos campeonatos de atletismo adorava o bubka e o amigo dele, aquele magro giro do salto em altura que usava um colar. eram o quê, checos? naõ fazia ideia de que fazia parte de uma legião de fãs.

  6. caríssima, de bons checos está o inferno cheio. ou pelo menos as lagartas de alguns tanques. o sergey trazia na peitaça a dita cccp, união das repúblicas tal e coiso. depois passou a ser ucraniano, nacionalidade amiga das deportações. quanto ao loiro do salto em altura suponho que estejas a referir-te ao muito tempo recordista patrick sjoberg, com as suas melenas cheias de estilo a subir aos 2 e 40 de altura. toda esta informação de jorro faz-me pensar uma de duas – ou tenho muito boa memória ou estou prestes a cair da tripeça e ainda não me avisaram.

Os comentários estão fechados.