Armas Para Civis (II)

Performance de Alberto Pimenta
Filme de Edgar Pêra
Legendas de Joana Amaral Dias

Armas para Civis (Introdução) aqui.

Sobre Joana Amaral Dias

QUARTA | Joana Amaral Dias
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

20 respostas a Armas Para Civis (II)

  1. jpt diz:

    Porquê?
    Porque que este pessoal de esquerda tem sempre um ar de quem não toma banho?

  2. ondina diz:

    porque tomar banho( is too common )

  3. António Figueira diz:

    O comentário do jpt trouxe-me as lágrimas aos olhos,
    lembrou-me a minha querida e perdida avó
    (embora ela sem dúvida escrevesse “porque é que este pessoal…” and so on).
    Obrigado.

  4. Julia W diz:

    A água e o sabão são duas invenções burguesas. Deodorant, nem se fala. Sacrilégio!

  5. jpt diz:

    Sr. Antonio figueira.?
    Com todo o respeito pela sua perdida avo, a que se deve o facto ,
    do meu comentario sobre a falta de higiene a ter lembrado ,e logo
    com lacrimejante emoção???

  6. António Figueira diz:

    Deve-se à provecta idade desse lugar comum.
    Acrescento que a minha avó escreveria “a que se deve o facto de o meu comentário…” – e o neto dela também; evite também pontuar excessivamente, só atrapalha.
    Cordialmente, AF

  7. Julia W diz:

    Provecta?

    Este blog é um percurso de obstáculos. Bora para o dicionário. António, a pontuação excessiva e o uso de palavreado desnecessário atrapalha, de facto.

    Caro JPT,

    Talvez goste de lêr isto.

    http://www.phil.cam.ac.uk/teaching_staff/Smith/students/writing.html

  8. António Figueira diz:

    O acento circunflexo no “e” de “ler” também atrapalha; é mais excedentário que um milhão de funcionários públicos juntos.

  9. Julia W diz:

    é a boina do Ché, pá! ih ih ih 🙂

  10. António Figueira diz:

    Como eu sou meio-alentejano, posso contar esta anedota alentejana, que acho de longe a melhor de todas:
    P: Como é que se diz alentejano em russo?
    R: Sostrova.

  11. Julia W diz:

    Under the specified theory of historical materialism between Socialism and Communism the intermediate stage is inevitably-alcoholism.

  12. jpt diz:

    jose saramago
    jose antonio saraiva
    antonio figueira
    Tres artes de bem escrever
    se entende e responde e porque percebe
    ja agora não me pagam (felizmente) para escrever em lado nenhum
    mas que eu me lembre o assunto rondava a falta de higiene do pessoal de esquerda.
    Ficou irado? ou em colera?
    parece que sim.

  13. jpt diz:

    Cara Julia w
    Não fui aluno da uni
    logo não posso entender o que me sugeiu .
    Este comentario…. tou a sair daqui com um certo medo …

  14. António Figueira diz:

    Caro jpt,
    Não estou irado coisa nenhuma (a conversa da falta de higiene do pessoal de esquerda não me é dirigida), apenas divertido por V. me ter “entalado” entre um Prémio Nobel confirmado e outro que está para ser – refiro-me ao Arq.º Saraiva, evidentemente.
    Cumps., AF

  15. Isabel diz:

    Triste que a excelente performance do Alberto Pimenta suscite comentários com tanta falta de excelência.
    Pena…
    Isto é o que se chama “ dar pérolas a porcos”.
    Uns parecem porcos. Outros são-no.
    E neste caso… Antes parecê-lo que sê-lo, digo eu!

    Isabel

  16. António diz:

    Não posso deixar de concordar com a Isabel. Parece-me existir uma falta assaz de criatividade nos comentários em questão. A performance de Alberto Pimenta é rica e fulminante. As legendas da Joana Amaral Dias são acutilantes. Que falta de criticismo atroz…

  17. shrek diz:

    Joana, filha, uma moça tão gira como tu é um desperdicio estar do lado dos ganzas e pró-abortistas de esquerda.
    Como tu, só me lembro da Catarina Portas essa anarquista com olhos de fogo e lingua de serpente.
    Tens uns olhos muito giros.
    Já deu para perceber pela frequência dos teus posts aqui que estás-te a borrificar para este blog. Deixa lá a Fernandinha compensa…

  18. CARLOS CLARA diz:

    COMO SE PARA UM HIPOTÉTICO MAL TENHA QUE SE IMPROVISAR OUTRO MAL HIPOTÉTICO . É ASSIM?
    SE ASSIM É, ESTAMOS COM CONVERSA DE FUTEBOL

  19. Joana
    O seu contacto desapareceu do DN e imagino que já não abra o hotmail. Queria-lhe mandar um convite para o lançamento do meu primeiro livro na área da ciência política, o que faço dia 11 de Dezembro, pelas 19 horas no Centro Cultural de Belém. Apresenta-o o António Vitorino, alguém que dispensa apresentações. Chama-se “A Europa à procura do Futuro: da Convenção de Filadélfia ao Tratado de Lisboa”. Gostaria muito que tivesse. Terei muito gosto em canalizar o convite para o e-mail que me quiser remeter.

  20. CARLOS CLARA diz:

    Joana Amaral Dias

    Parabéns por aquele seu frente-a-frente com Telmo Correia. Magistral.

Os comentários estão fechados.