É à chapa.

vanitynuts.jpgplate.gif019.jpg

As matrículas “personalizadas” são um hábito nos EUA. Nem todos têm vanity plates, evidentemente. Mas os que escolhem terem um nick, um dito, um cognome ou uma boca na chapa, geralmente escolhem mal. Um infortúnio. Percebe-se. Dar-se ao trabalho de individualizar a matrícula do seu carro já é muito mau sinal. O resultado só pode ser ainda pior. da_plate_girlcab.jpgthanks-yahoo.jpg

 

As alcunhas de eleição conseguem ultrapassar as excelsas preferências para tatuagens e, por vezes, conseguem mesmo suplantar os denominações dos programas da TVI. Belas & Perigosas, por exemplo, é, para estes designadores encartados, um título para copinhos de leite. Há de tudo e muito mais. Há quem dê o e-mail, quem jure ter os maiores testículos do condado, quem ofereça sexo, quem dê loas ao yahoo ou quem procure ter piada mandando gravar na matrícula “hahahahah”.

 

vanityhaha.jpgOk. Isto coloca um problema que os serviços do registo civil deveriam analisar com toda a seriedade e em toda a sua exaustão. Será que faz sentido impedir que os pais registem a sua prole com determinados nomes, digamos, menos ortodoxos? É que há muito boa gente, maior de idade que, perante a oportunidade de seleccionar um segundo nome, uma alcunha, uma antonomásia (?), elege o nome que os pais mais carrascos dariam aos seus filhos. E não falo de madrastas. Adiante. Cada vez que me deparo com os nicks nos fóruns na net, nos e-mails, nos chat rooms (!!!), imagino-me sempre a redigir uma missiva ao tais bons do registo civil, aclarando com afinco a realidade que por aí tresanda. E já nem quero referir as passwords que muitos escolhem e das quais eu, por mero acidente, tenho conhecimento. Essas chaves são, comummente, compostas pelas mais estapafúrdias designações. É o que acontece quando se dá a possibilidade às pessoas de terem segredos. Não farei comentários sobre as projecções no secondlife. Nesta altura, já parecem desnecessários. A verdade é que aquela anedota do tipo que mudou o nome de João Merda para António Merda não é nada.

022.jpg

alcohol-license-plate.jpg

gotribs.jpg

license.jpg

taxlady.jpg

Sobre Joana Amaral Dias

QUARTA | Joana Amaral Dias
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 respostas a É à chapa.

  1. Insano diz:

    Os diminuitivos… tipo Guidinha e afins terão sido os pais dos nicknames na Internet…..? E porque raio dar cognomes, a personagens históricas….
    Vamos é dar graças por existirem seres humanos com bom gosto e chaarem Cátia Vanessa à sua filha….

    Abraço,

    Insano, insanito, Insanão… Rui Oliveira

    Ps: O que eu curtia…. uma matrícula Insano na minha “biatura”…

  2. l.rodrigues diz:

    Há aquela história do tipo que não tinha dinheiro para ter uma placa personalizada, por isso mudou o nome para YHE-173.

  3. ondina diz:

    nos por ca não temos essa possibilidade….baptizar os nossos carros…tudo que é novidade é rapidamente bem aceite….mentes terceiromundo!!!

Os comentários estão fechados.