Entretanto

Terá havido outros obituários mais sérios e mais ponderosos sobre Baudrillard. Mas o do Economist – acabadinho de sair – é muito mais “literário”, engraçado e subtil.

Sobre Ivan Nunes

QUINTA | Ivan Nunes
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.