História II

Uma referência na entrevista de Arno Mayer levou-me a descobrir esta recensão, que me parece exemplarmente feita, de uma obra que eu não li mas que promete sobre as alegadas atrocidades alemãs na I Guerra Mundial e os seus efeitos colaterais (chauvinismo na generalidade dos países beligerantes, revanchismo dos vencedores, vitimização dos vencidos, depois a estranha e objectiva convergência que durante algum tempo se produziu entre pacifistas e appeasers, de um lado, e o militarismo alemão, por outro, e enfim, last but not least, o menor crédito que implicou para as denúncias que, durante a II Guerra Mundial, surgiram de novo, e a uma escala incomensuravelmente superior, de atrocidades cometidas pela Alemanha).

Sobre António Figueira

SEXTA | António Figueira
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.